Brasil

Bolsonaro diz que não dá para manter o auxílio emergencial por muito tempo

E alguns governadores teimam ainda em manter tudo fechado", disse Bolsonaro a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na manhã desta quarta-feira, que “não dá para continuar muito” a liberar o auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais por causa do impacto da medida na economia, que, segundo ele, representa R$ 50 bilhões mensais. O presidente, mais uma vez, criticou governadores que mantém medidas de isolamento social nos Estados.

“Começou a pagar a quarta parcela do auxílio emergencial e depois tem a quinta. Não dá para continuar muito porque por mês custa R$ 50 bilhões. A economia tem que continuar. E alguns governadores teimam ainda em manter tudo fechado”, disse Bolsonaro a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada.

Ao ser perguntado sobre a eventual prorrogação do auxílio emergencial para micros empresários, o presidente afirmou que o assunto precisa ser tratado com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »