Economia

Dia do Pecuarista: profissionais de grande importância para economia do Estado

O selo do SISBI autoriza a comercialização de produtos de origem animal em todo território nacional

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Secretaria de Agricultura)

Comemorado anualmente em 15 de julho, o Dia do Pecuarista merece destaque principalmente este ano marcado pela pandemia, pois trata-se de um profissional essencial para a manutenção de uma das atividades mais importantes para a economia do Estado do Rio de Janeiro: a pecuária. Responsáveis por uma série de ações que vão desde a alimentação, passando pela sanidade e a genética dos rebanhos, seja por meio da pecuária de corte ou de leite, os pecuaristas fluminenses trabalham hoje com mais 2,5 milhões de cabeças, produzindo os mais diversos tipos de alimento, além de fornecendo reprodutores e matrizes para outros estados e levando seus rebanhos para eventos agropecuários em todo país.

O setor pouco sofreu durante este período de pandemia e, há um mês, celebra mais uma conquista para o setor, a certificação do Estado do Rio de Janeiro ao SISBI, que autoriza a comercialização de produtos de origem animal em todo território nacional. Para o superintendente de Defesa Agropecuária, Paulo Henrique Moraes, os pecuaristas do estado do Rio de Janeiro fazem da sua missão diária uma difícil, porém prazerosa, fonte de renda.

Com intuito de celebrar este dia a Secretaria de Agricultura separou suas principais ações para o Pecuarista:

Realiza a educação sanitária, para a prevenção de doenças; capacita produtores rurais para vacinação, com boas práticas e bem estar animal; emite documentos para autorização de trânsito animal; atua na vigilância, controle e erradicação de doenças em rebanhos; certifica propriedades como livres de Brucelose e Tuberculose; concede autorização e fiscaliza a realização de eventos agropecuários; habilita e fiscaliza veterinários que prestam serviços no diagnóstico de doenças em propriedades rurais; fiscaliza o comércio das principais vacinas e insumos usados pelos criadores.

O Estado do Rio de Janeiro recebeu a certificação do Ministério da Agricultura de adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA). O selo autoriza a comercialização de produtos de origem animal em todo território nacional. “A adesão ao SISBI representa um avanço importante para o Estado e para todo o setor agropecuário, contribuindo para aumentar a competitividade da produção, o aumento do valor agregado dos produtos e, principalmente, o desenvolvimento do setor. Nossos produtos estarão em todo o Brasil, com garantia de segurança sanitária e de qualidade”, disse o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

Antes de conseguir essa adesão, os estabelecimentos responsáveis pela produção de produtos de origem animal no Estado não tinham autorização para vender para o resto do país.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »