Brasil

Endividamento das famílias cai pelo terceiro mês consecutivo

Trata-se do menor percentual desde fevereiro, antes das medidas de restrição para combater a pandemia

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/ Internet)

O endividamento das famílias caiu em novembro, pelo terceiro mês seguido, retornando ao nível pré-pandemia. Os dados foram divulgados, nesta terça-feira, pela Confederação Nacional do Comércio. Em novembro, 66% das famílias se declararam endividadas, contra 66,5% no mês de outubro.

Trata-se do menor percentual desde fevereiro, que registrou 65,1%, antes das medidas de restrição para combater a pandemia. Em agosto, o indicador chegou ao nível recorde de 67,5%. No comparativo anual, entretanto, o indicador registrou aumento de 0,9 ponto percentual.

Entre as famílias que recebem até 10 salários mínimos, o percentual de endividamento também caiu pela terceira vez seguida, chegando a 67,4%. Já entre as famílias com renda acima de 10 salários, esta mesma proporção se manteve estável, em 59,3% em novembro.

O indicador considera dívidas os compromissos assumidos com cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro.

 

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »