Brasil

Hospitais privados recorrem ao STF para manter isenção de ICMS

Apenas entre os membros da Associação, estima-se que o ICMS de 18% vai aumentar os custos em cerca de R﹩ 1,3 bilhão

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

A  Associação Nacional de Hospitais Privados entrou contra com mandado de segurança contra da decisão do governo do Estado de São Paulo, que revogou a isenção de ICMS para produtos de diversos setores, entre eles, os médico-hospitalares. Com a decisão, o setor de saúde vai ser impactado.

Apenas entre os membros da Associação, estima-se que o ICMS de 18% vai aumentar os custos em cerca de R﹩ 1,3 bilhão. A entidade apresentou um mandado de segurança coletivo, solicitando que os Decretos 65.254/2020 e 65.255/2020 não sejam revogados. Além da medida local, seguiu com uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal.

O consultor tributário da Associação, Eduardo Muniz, explica que a decisão é de relevância pública. De acordo com o presidente do Conselho Administrativo da associação, Eduardo Amaro, a mudança onera as instituições hospitalares privadas, especialmente em equipamentos, insumos e medicamentos.

 

 

Comentários

enquete

Hoje é o dia das mães. E ai, você vai comemorar esse dia com a sua mãe?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »