Brasil

Sachsida diz que governo deve congelar salário de servidor durante pandemia

Para Sachsida, "a medida teria um aspecto moral ao demonstrar que todos estão dando sua parcela de contribuição"

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Em uma videoconferência promovida pela XP Investimentos, nesta terça-feira, o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, defendeu que o governo congele o salário de servidores públicos. Com o avanço da pandemia do novo coronavírus, o governo apresentou um pacote de enfrentamento da crise, que possibilita o corte de salários e jornadas de trabalho. Até o momento, nenhuma medida que afete servidores públicos foi adotada pelo Executivo.

Para Sachsida, “a medida teria um aspecto moral ao demonstrar que todos estão dando sua parcela de contribuição”.  “Será que está correto algumas pessoas não perderem o emprego e manterem o salário? Um país é muito mais do que aspectos econômicos. Aspectos morais são importantes. Vamos ter que olhar com muita atenção à questão do funcionalismo público. Acho que está na hora de todos darem sua contribuição”, disse o secretário.

Adolfo Sachsida ressaltou ainda que a folha de pessoal representa o terceiro maior gasto do governo, depois das despesas com juros da dívida e a Previdência. “Não é tão complicado assim você passar um ou dois anos sem reajuste”, acrescentou. Adolfo Sachsida demonstrou preocupação com a recuperação da economia após a crise da Covid-19. Segundo ele, se um número elevado de empresas quebrarem agora, a retomada no futuro será muito difícil.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »