Educação

Presidente do Inep nega que Bolsonaro tenha pedido para ver Enem antes

Elmer Vicenzi também falou na Comissão de Educação da Câmara sobre o grupo formado para avaliar questões do banco de itens

Por Redação Tupi

Elmer Vicenzi também falou na Comissão de Educação da Câmara sobre o grupo formado para avaliar questões do banco de itens
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Elmer Vicenzi, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), negou que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), tenha solicitado ver a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com antecedência. As declarações de Vicenzi foram feitas nesta terça-feira, durante sua fala na Comissão de Educação da Câmara.

Em seu discurso, Vicenzi declarou: “Não foi pedido ao Inep, de nenhuma autoridade superior, ministro da Educação ou presidente, para ler a prova. Se o presidente pedir, fará obediência normativa. Havendo normativo, fará. Não havendo, não fará. Quem fala sobre normativos? A Advocacia-Geral da União”.

O presidente do Inep ainda comentou acerca da comissão, criada pelo governo, para analisar o Banco Nacional de Itens (BNI) e verificar se tinham “pertinência com a realidade social”. Segundo Vicenzi: “A comissão trabalhou apenas por dez dias. Ela não trabalha mais e nenhum item foi tirado do banco nacional. Nenhum. Qualquer questão que consta no banco pode cair a qualquer momento”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »