Conecte-se conosco

Brasil

Justiça registra 194 crimes eleitorais nas primeiras horas de votação

Maioria dos registros foi por compra de votos

Publicado

em

(Foto: Marcelo Casagrande)

(Foto: Marcelo Casagrande)

Até o momento, 194 crimes eleitorais foram registrados, na manhã deste domingo (15). A maioria dos registros, divulgados pelo Ministério da Justiça, foi de compra de votos, com 62 ocorrências. Em seguida, vem boca de urna, com 56, desobediência Às ordens da Justiça Eleitoral (38) e fatos e imputações inverídicas, com 16 ocorrências.

De acordo com a pasta, também foram registradas concentração de eleitores (9), desordem que prejudique a votação (7), transporte de eleitores (5) e falsidade ideológica (1).

Os 81 crimes comuns relacionados às eleições registrados até o momento foram ameaça (33), furto (3), homicídio (3), tentativa de homicídio (2), lesão corporal (15), porte ilegal de arma de fogo (7) e briga (16).

Foram registrados ainda 14 crimes contra candidatos, entre ameaças (8), homicídios tentados contra candidato (4) e lesão corporal contra candidato (2).

A compilação dos dados é feita a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília, que colhe as informações junto às autoridades federais e estaduais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.