Entretenimento

‘A Dona do Pedaço’: Saiba como vai ser o término do romance entre Vivi Guedes e Chiclete

Blogueira descobre que a 'encomenda' que amado precisava realizar era a sua morte

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução TV

Vivi Guedes vai se separar de Chiclete nos próximos capítulos de ‘A Dona do Pedaço’. Isso porque a blogueira escuta o namorado dizendo que ele encomendava almas e que ela seria a próxima vítima. Sem acreditar, a influenciadora digital questiona o rapaz.

“Eu? A encomenda era eu?”, pergunta Vivi Guedes.

Chiclete relembra o que aconteceu.

“Foi o que eu te disse, Vivi. O Cosme (Oswaldo Mil) queria que seu pai sofresse o que ele sofreu quando perdeu a filha. Foi lá pro Espírito Santo. Procurou minha família, que vivia de fazer justiça”, diz Chiclete.

Sem conseguir acreditar, Vivi Guedes afirma que o que ele iria fazer não é justiça.

“Você não tá falando de justiça. Justiça é quando as pessoas vão para o tribunal e são julgadas de acordo com a lei. Você tá falando de… de encomendar a alma”, ressalta a blogueira.

Chiclete afirma para a blogueira que pensou em matá-la, mas que não teve coragem.

“Pensei. Mas não tive coragem. Eu nunca poderia tocar num fio do teu cabelo. Eu tinha dado minha palavra. Mas quando eu olhava pra você, eu sabia que era impossível, eu sabia que nunca entregaria aquela encomenda. Eu atirei no Cosme pra te salvar, Vivi. Sabe, na minha família, quando alguém recebia uma encomenda… e não entregava… a lei é que essa pessoa devia receber a bala no lugar da encomenda. Eu tava disposto a receber a bala por você, Vivi”, afirma Chiclete, emocionado.

Apesar de ficar bastante mexida e emocionada, Vivi Guedes decide se afastar de Chiclete.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
10:00 - De Frente Com Elas
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »