Entretenimento

Ator da “Praça é Nossa” é condenado a devolver R$ 340 mil

Saulo Laranjeira pode recorrer da decisão

Foto: Reprodução/SBT

Saulo Laranjeira terá que desembolsar mais de R$ 340 mil aos cofres públicos. O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais condenou o intérprete do deputado corrupto João Plenário, em “A Praça é Nossa”, a devolver a quantia captada para um programa de televisão.

O TCE condenou o ator e produtor cultural na última terça-feira. Saulo Laranjeira pode recorrer da decisão. Ele está preparando sua defesa e se pronunciará oficialmente em suas redes sociais.

A condenação é referente à captação de R$ 100 mil, em 2001, de recursos públicos oriundos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura para a realização do projeto “Arrumação 2000”, do programa de TV que apresenta há 30 anos e é exibido pela Rede Minas.

Saulo deveria devolver R$ 341.619,69, valor corrigido e atualizado até junho de 2017. O órgão estadual considerou irregulares as contas prestadas pelo artista, com 15 anos de atraso e “somente quando da declaração de indisponibilidade de bens”, pelo Tribunal de Contas, em junho de 2017.

Para a Primeira Câmara do Tribunal, os recibos apresentados por Saulo Laranjeira não correspondiam à execução do objetivo proposto.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »