Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Cassará Editora organiza mesa-redonda para celebrar os 10 anos da publicação de “Eu, Pierre Seel, Deportado Homossexual”

Escritor Felipe Cabral, historiadora Flávia Schlee Eyler e antropólogo Jacques D’Adesky debatem sobre o clássico da literatura de testemunho, que narra a saga do único deportado homossexual francês que sobreviveu à 2ª Guerra para contar sua história.

Publicado

em

mesa-redonda livro Eu, Pierre Seel, Deportado Homossexual
(Foto: Reprodução)

O livro “Eu, Pierre Seel, Deportado Homossexual”, publicado pela Cassará Editora, completa 10 anos de lançamento. O material relata a vida de um deportado homossexual francês que testemunhou os horrores da 2ª Guerra Mundial e sobreviveu para contar a sua história. Na obra, traduzida por Tiago Elídio, Pierre Seel lembra-se da deportação aos campos nazistas e, mais tarde, como alsaciano, o alistamento forçado no exército alemão, a captura pelos russos e o pós-guerra, quando ser homossexual ainda era crime na França.

Aproveitando o aniversário simbólico e acreditando na força da publicação para os dias atuais, a Cassará Editora organiza a mesa-redonda “Olhares sobre Pierre Seel”, aberta ao público, no próximo dia 15 de agosto, segunda-feira, no auditório da Livraria da Travessa do Shopping Leblon, no Rio de Janeiro, às 18h30.

A mesa-redonda será composta pelo jornalista e ator Felipe Cabral, que escreveu novelas e programas na Globo. Ele também foi apontado pelo portal BuzzFeed como um dos jovens mais influentes na comunidade LGBT.  

Além de Felipe, terá a presença de Flávia Schlee Eyler, historiadora e doutora em Letras, foi professora e Coordenadora da área de História Antiga e Medieval do Departamento de História da PUC-Rio.

Para finalizar, Jacques D’Adesky, professor, doutor em antropologia, trabalhou no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento na República Centro-Africana e foi coordenador do Programa Sul-Sul do Conselho Latino-Americano das Ciências Sociais.

O evento será mediado por Victor Villon, tradutor e historiador, mestre e doutor em História.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.