Conecte-se conosco

Celebridades

Danilo Gentili afirma que piada polêmica não foi única razão para demissão de Leo Lins do SBT

Apresentador declarou que não conseguiu impedir a demissão do humorista da emissora por estar “quase sendo demitido” também

Publicado

em

danilo gentili e leo lins
(Foto: Reprodução)

O apresentador Danilo Gentili abriu o jogo, em entrevista ao “Podihhcast”, sobre a polêmica demissão do humorista Leo Lins do SBT. De acordo com o comandante do talk show “The Noite”, a suposta piada que o ex-colega de programa fez sobre uma criança com hidrocefalia durante um show de stand up não foi o único motivo para a dispensa dele do canal no início de julho.

“O Leo é um cara legal, é meu amigo. Mas não consegui dessa vez fazer com que o Leo não fosse demitido, porque eu estou quase sendo demitido. Então fica difícil”, disse o apresentador, aos risos.

Na sequência, Gentili explanou o motivo de acreditar que a piada não foi a única razão do desligamento. “Rolaram algumas coisas a respeito do Leo que não dizem respeito só a uma piada. Não foi exatamente uma piada de 2005, que alguém tirou de contexto, não foi exatamente isso e só isso. E também não vou falar (o que aconteceu)”, declarou.

Também durante a entrevista, Danilo Gentili reclamou do fato de, na sua visão, a comédia ser mais alvo de policiamento que outras artes. “Ninguém chega e pergunta, por exemplo: ‘qual é o limite do funk?’. O funk é uma coisa extremamente protegida pela beautiful people, porque, como vem da periferia, é sacrossanto”, disparou.

“Quantas pessoas foram a um show de comédia, ouviram uma piada sobre estupro, baixaram a calça e ‘comeram’ alguém de 14 anos no meio do show? Nunca ouvi esse relato. Quantas pessoas vão num funk, baixam a calça e enfiam o p*u numa mina de 14 anos enquanto toca: ‘estupra, estupra as de vermelho, só nas novinhas’. No funk é em todo baile”, complementou Gentili, ao defender seu argumento.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.