Celebridades

Google é condenado a indenizar artista pelo links com xingamentos de Roger

A empresa não retirou os links com as ofensas do líder do Ultraje a Rigor

Por Redação Tupi

O Google terá que indenizar à artista plástica Adriana Varejão, por não retirar do ar links que continham xingamentos a ela feitos por Roger Moreira, líder do Ultraje a Rigor, que também foi condenado por estes comentários ofensivos. Adriana defendeu que a exposição Queermuseum, que foi cancelada pelo Santander em Porto Alegre, em 2018, continuasse e foi criticada pelo músico.

A 34ª Vara Cível do Rio condenou o Google a pagar R$ 10 mil a Adriana por desobedecer a liminar que o obrigava a tirar do ar 35 resultados do site de busca que continham as ofensas feitas por Roger. Já a empresa ainda pode recorrer da sentença e quando perguntada sobre o caso: “Não comentamos casos específicos”.

O líder do Ultraje a Rigor publicou uma imagem de Adriana alterada por desenhos e com a palavra “puta” em destaque. Em fevereiro, ele foi condenado a pagar R$ 40 mil à artista plástica por conta disso.

 

Comentários
enquete

Amor eterno existe ou homem se casa por acomodação?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »