Celebridades

Google é condenado a indenizar artista pelo links com xingamentos de Roger

A empresa não retirou os links com as ofensas do líder do Ultraje a Rigor

Por Redação Tupi

O Google terá que indenizar à artista plástica Adriana Varejão, por não retirar do ar links que continham xingamentos a ela feitos por Roger Moreira, líder do Ultraje a Rigor, que também foi condenado por estes comentários ofensivos. Adriana defendeu que a exposição Queermuseum, que foi cancelada pelo Santander em Porto Alegre, em 2018, continuasse e foi criticada pelo músico.

A 34ª Vara Cível do Rio condenou o Google a pagar R$ 10 mil a Adriana por desobedecer a liminar que o obrigava a tirar do ar 35 resultados do site de busca que continham as ofensas feitas por Roger. Já a empresa ainda pode recorrer da sentença e quando perguntada sobre o caso: “Não comentamos casos específicos”.

O líder do Ultraje a Rigor publicou uma imagem de Adriana alterada por desenhos e com a palavra “puta” em destaque. Em fevereiro, ele foi condenado a pagar R$ 40 mil à artista plástica por conta disso.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »