Entretenimento

Conheça Luana Belli, brasileira que há 14 anos inova com ‘Funk in Itália’

Apresentadora e compositora, artista começou a carreira como dançarina de bandas brasileiras e agora inova como cantora na Europa

Por Victor Yemba

 Luana Belli
Conheça Luana Belli, brasileira que há 14 anos inova com ‘Funk in Itália (Foto: Divulgação)

Luana Belli, esse é o atual nome artístico da antiga Mc Luana, a cantora mineira que se apaixonou na adolescência pelo funk carioca, se mudou para o Rio de Janeiro com 18 anos para ficar mais próxima do segmento musical.  “Minha carreira começou no Brasil como dançarina de bandas locais. Há 14 anos, quando vim morar na Itália, resolvi cantar funk que sempre foi a minha paixão e acabei criando o funk em italiano (funk in Itália), nome da minha primeira música registrada, que é uma mistura da nossa cultura funk com uma tarantela italiana”

EX Mc Luana? A funkeira que largou sua cidade natal no interior de Minas Gerais para se aproximar do funk no Rio de Janeiro, revela ter mudado para o caminho do POP e conta com exclusividade como é viver do funk em terras europeias: “Eu amo o funk, mas agora estou seguindo uma estrada mais pop, não deixo o funk porque realmente é minha paixão. Vivo de música aqui na Itália, sou a única cantora brasileira que canta funk aqui, existem cantoras de vários ritmos e covers, mas dentro desses 11 anos, sou a única funkeira e isso me deixou sem concorrências, fazia muitas apresentações antes da pandemia.”

Luana Belli finaliza contando seus próximos planos de carreira: “Quero conquistar o Brasil porque amo o meu país, quero fazer muitas turnês, hits e ver todo mundo dançando comigo… Minha inspiração brasileira com certeza é a Anitta.”



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »