Entretenimento

Gosto é Gosto: O direito de uma pessoa termina quando começa o do outro?

Participe da enquete desta quinta-feira

Por Heleno Rotay

(Foto: Reprodução)

“Existem coisas que não suporto, uma delas é gente querendo me obrigar a agir do jeito que não quero… Sou adulto e não aceito imposições idiotas… Faço aquilo que bem entender e ponto final!”, quem disse isso foi o auxiliar administrativo Jorge Vieira, de 40 anos, em um bate-papo com o colega Osvaldo Moreira sobre o fato de não gostar de qualquer tipo de imposição, principalmente aquelas que lhe atingem diretamente.

O Oswaldo sem concordar disse: “Vivemos em uma sociedade e as imposições são fundamentais para que haja ordem, caso contrário, viveríamos numa grande bagunça, acho que ter limites é fundamental na vida das pessoas”.

O Jorge ainda sem concordar disse: “Tenho um celular que custou uma ‘grana’, portanto uso aonde quiser e na hora que bem entender, e falo bem alto se for necessário e não aceito que digam que incomodo, afinal, ‘os incomodados é que se mudem’. Em casa ouço som alto porque é meu e estou na minha casa e pouco me importo com os vizinhos. Pago meus impostos e tenho direitos”.

O Oswaldo achando um absurdo o comentário da colega finalizou dizendo: “Acho que você é um grande egoísta que só pensa no seu conforto… Vivemos em uma sociedade e o seu direito termina aonde começa o do outro…E isso deve ser respeitado!”.

GOSTO É GOSTO, mas você o que acha? Você concorda com o Oswaldo que diz que: o direito de uma pessoa termina quando começa o do outro? Ou concorda com o Jorge que todas as pessoas têm o direito de fazer o que bem entender?

Comentários
enquete

Mulheres administram melhor o dinheiro do que os homens?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »