Entretenimento

Gosto é gosto: Você concorda que a pior coisa que existe é marido metido à boa vida, que inventa história pra ficar de pernas pro ar?

Por Heleno Rotay

“Ele me faz feliz e é isso que importa… Sei que todos o taxam de “come e dorme”, mas não to nem aí, para mim ele é perfeito, e eu o amo desse jeitinho”.

Quem disse isso foi a Camareira Carla Diniz, de 38 anos em conversa com a colega de trabalho Geíza Oliveira, sobre o fato do marido ser considerado um “Boa Vida” (não gostar de fazer nada pra ninguém) e isso “Não” incomodar a ela.

A Geíza sem concordar com a colega rebateu dizendo “Aturar homem metido a esperto nem pensar… Homem tem que chegar junto… Meu marido é pau pra toda obra, trabalha fora e ainda me ajuda em casa… Comigo homem não tem moleza não, se você não sabe, fique sabendo agora que é a mulher que faz o homem, nós é que temos que nos impor e exigir ajuda, caso contrário ele vai ser um “Boa Vida” pra sempre”.

A Carla tentando defender o jeito do marido disse “Coitadinho, como ele está desempregado, fica com o astral muito “pra baixo”, então ele passa o dia todo vendo televisão e dormindo para se esquecer dos problemas… Não acho que ele está se aproveitando de mim, a vizinhança fica dizendo que ele é um boa vida,mas, no fundo ele é um bom marido”.

A Geíza resolveu finalizar dizendo“Você é uma besta quadrada mesmo… Homem que se faz de morto pra sobreviver não merece nem um prato de comida, pra mim o seu marido é um tremendo de um esperto”.

GOSTO É GOSTO, mas você o que acha? Você concorda com a Geíza, que a pior coisa que existe é marido metido à boa vida, que inventa história pra ficar de pernas pro ar? Ou concorda com a Carla que quando a pessoa ama de verdade esses situações viram apenas um detalhe?

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »