Celebridades

Juliana Paes perde quase R$ 500 mil em ‘golpe da pirâmide’ em São Paulo

Além da atriz, o ator Murilo Rosa também foi uma das vítimas

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação / Globo)

A Policia Civil de São Paulo investiga o golpe sofrido pela atriz Juliana Paes, após a artista assinar um contrato com a empresa “F2S Intermed de Negócios”. Segundo informações, a atriz teria depositado R$ 500 mil e foi surpreeendida com o desaparecimento do homem que se passava como dono da firma, sumindo com meio milhão da artista.

Além de Juliana, outros famosos enganados pelo esquema de pirâmide financeira, de acordo com as investigações, seriam o também ator Murilo Rosa e o jogador Luís Fabiano.

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a atriz não tratou negócios diretamente com o suposto golpista. A negociação teria sido acertada em maio de 2018, intermediado por um consultor financeiro da sua confiança, que também foi vítima do golpe.

Na proposta, o valor investido seria usado para compra de carros que seriam revendidos, rendendo de 4% a 8%, o que nunca aconteceu. Em maio deste ano, o Ministério Público de São Paulo solicitou a prisão preventiva de três homens, sendo um deles o chefe da F2S, e de uma mulher, que segundo informações, seria sua esposa. De acordo com o MP, a mulher recebia, numa conta bancária pessoal, valores altos que as vítimas depositavam na conta bancária da F2S.

A apuração realizada a partir da quebra de sigilo bancário, revelou que nos meses de maio e julho de 2018, houve uma movimentação de quase R$ 6 milhões. A Justiça aceitou a denúncia e fez com que os suspeitos tornassem réus no processo. No entanto, o pedido de prisão foi recusado.

Murilo Rosa e Luís Fabiano

De acordo com a denúncia do Ministério Público, além de Juliana Paes, outro artista que caiu no golpe foi Murilo Rosa. Na ocasião, o ator perdeu R$ 460 mil. O jogador Luís Fabiano foi outro que caiu no golpe e perdeu R$ 280 mil. Já o gestor de investimento da atriz perdeu R$ 84 mil.

Na denúncia, o Ministério Público ressaltou que “os denunciados se associaram com o fim de cometerem crimes de estelionato na modalidade de pirâmide financeira. De maneira previamente orquestrada e urdida para cometimento dos delitos de maneira profissionalizada, constituindo a empresa F2S, a qual falsamente oferecia um modelo de investimento, consistente na aquisição de automóveis seminovos e posterior revenda a lojistas, com rentabilidade entre 4% a 8%”.

Ainda, de acordo com a denúncia, “o golpe era aplicado na forma de pirâmide contra vítimas certas e determinadas”.

Juliana Paes, o seu gestor de patrimônios, Luis Fabiano e Murilo Rosa estão sendo representados pelo mesmo escritório jurídico. Até o momento, nenhum deles conseguiram reaver o dinheiro.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »