Conecte-se conosco

Celebridades

Justin Bieber vende acervo musical por R$ 1 bilhão

Acordo ainda inclui os direitos de publicação e gravação de todas as músicas de Justin Bieber lançadas até dezembro de 2021

Publicado

em

Justin Bieber
Justin Bieber (Foto: Reprodução)

Justin Bieber resolver vender os direitos de publicação e todos os 290 músicas lançadas por ele antes de 31 de dezembro de 2021, para a Hipgnosis Song Management, com parceria de fundos bancada pela Blackstone Inc.

O acordo foi fechado em pouco mais de R$ 200 milhões, mais de R$ 1 bilhão na cotação atual, segundo a Rolling Stone dos EUA.

A empresa também adquiriu catálogos de Justin Timberlake, Shakira e Neil Young por valores menores do que a negociação com Justin Bieber.

Fontes dizem à Variety que as músicas de Bieber continuarão a ser administradas pela Universal Music, a gravadora de longa data do cantor.

A tendência tem sido popular entre músicos veteranos renomados que deixaram seus legados musicais nas mãos de empresas de música especializadas, que passam a controlar profissionalmente todas as suas publicações, enquanto recebem grandes quantias para seus herdeiros.

“O impacto de Justin Bieber na cultura global nos últimos 14 anos foi realmente notável”, disse Merck Mercuriadis, CEO da Hipgnosis Song Management em comunicado à imprensa. “Com apenas 28 anos, ele é um dos poucos artistas que definiram a era do streaming que revitalizou toda a indústria da música, com quase 82 milhões de ouvintes mensais e mais de 30 bilhões de streams apenas no Spotify”.

Continue lendo
Rafa Justus impressiona ao mostrar quarto luxuoso na fazenda do pai Gretchen explica silêncio após morte do ex, Chrystian Veja os principais políticos que foram ao ato pró-Bolsonaro em SP Os Filmes mais aguardados nos cinemas em 2024 Veja os participantes famosos cotados para o “Camorote” do BBB 24