Entretenimento

Produtor carioca mistura ritmos e ganha destaque na cena musical

JR ON traz a realidade das comunidades cariocas com hits em parceria com nomes como MC Tikão, Djonga e MC Cabelinho

Por Victor Yemba

JR ON
JR ON traz a realidade das comunidades cariocas com hits em parceria com nomes como MC Tikão, Djonga e MC Cabelinho (Foto: Divulgação)

Nascido em Vila Isabel e criado em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio de Janeiro, Ricardo Ignacio da Silva Junior, ou JR ON, como é conhecido na cena musical, vem ganhando destaque por suas produções modernas e cheias de misturas.

Com 32 anos recém completados, o produtor teve contato com a música desde muito novo. Filho de Ricardinho, um dos maiores DJs de sua geração e sócio do “Grandmaster Studio“, um dos mais importantes da década de 1990, ele conta que essa influência foi determinante para a sua carreira: “Foi ali que nasceu esse amor que tenho pela música. Na adolescência, comecei a tocar em festinhas de amigos, matinês e pude produzir meus primeiros sons”.

Com uma passagem como estagiário pela Furacão 2000, ele lembra também da influência de DJ Batutinha, ícone do cenário musical que revelou grandes nomes como Anitta, Naldo Benny, Valesca Popozuda e Lexa. “Foi lá que aprendi realmente a me profissionalizar, Batuta foi praticamente um mentor para mim. Dali para a frente, fui desenvolvendo minhas músicas fazendo coisas pra novos talentos”, comenta JR ON.

O produtor também lembra da importância de dar oportunidade aos que estão começando. “Muitos jovens que sonham em ser DJs ou MCs e me enxergam como referência, alguém que possa ajudá-los a realizar seus sonhos, seja com uma produção ou um conselho sobre a carreira musical. Por isso sempre tento incentivar essa galera nova que está começando no funk e sonha em viver disso um dia”, revela.

Para ele, o mais importante para se tornar um DJ, além de estudar, é estar sempre buscando novos conhecimentos, estar atento ao que o público jovem consome. “Em minhas produções musicais, sempre busco olhar para os mais novos e tento entender a sonoridade deles para adaptar a uma nova realidade de mercado”, explica.

E isso pode ser visto em seu novo single “A Favela Venceu”, que conta com MC Tikão, Djonga e MC Cabelinho, e já soma quase um milhão de visualizações em pouco mais de duas semanas. A música reúne funk, trap e rap em um hit moderno, que fala da realidade da favela, episódios polêmicos retratados na mídia e a trajetória para o sucesso.

“É importante trabalhar com estilos diferentes e quebrar o tabu das tribos. Música é música, se for boa as pessoas vão consumir. Como produtor, posso dizer que explorar todos esses campos é fascinante, consigo transitar tranquilamente entre os gêneros, respeitando cada sonoridade e timbragem de cada estilo”, afirma JR ON.

Seu primeiro grande sucesso foi a faixa “Favelado bem-sucedido”, com o MC Tikão & Meno Tody, rendendo mais de 10 milhões de visualizações. Para o produtor, seu primeiro Set, lançado no ano passado, foi o mais marcante, em que reuniu diversos artistas, incluindo grandes nomes como FP do Trem Bala.

JR ON já chegou a trabalhar em bares, mas garante que seu lugar é na música e não consegue ver sua vida longe das composições. “Meu maior sonho é ter meu selo estruturado e revelar muitos artistas talentosos que estão espalhados pelo Brasil”, conta ele.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »