Botafogo

Anderson Barros não é mais diretor de futebol do Botafogo

Profissional acerta a transferência para o Palmeiras

Por Thiago Veras

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Anderson Barros não é mais diretor de futebol do Botafogo. O profissional pediu demissão nesta terça-feira (10) para acertar com o Palmeiras. O contato foi feito diretamente entre os presidentes Maurício Galiotte e Nelson Mufarrej. Barros deixa o clube um dia após o Botafogo confirmar a permanência dele para 2020 junto com o técnico Alberto Valentim.

O dirigente retornou ao clube em 2018, no início da gestão Nelson Mufarrej. Ele colecionou o título Estadual do ano passado e muitas críticas da torcida, principalmente pelo trabalho desenvolvido na atual temporada, com um desempenho pífio do Botafogo e contratações mal realizadas.

Sob o comando de Anderson Barros e Gustavo Noronha (antigo VP de futebol), o Botafogo sequer chegou à semifinal de turno no Estadual, foi eliminado precocemente da Copa da Brasil pelo Juventude, eliminado nas oitavas-de-final da Sul-Americana pelo Atlético-MG e 15º colocado no Brasileirão, escapando do rebaixamento nas últimas rodadas.

Barros foi duramente criticado pelas contratações de Cícero, Biro Biro, Ferrareis, Alan Santos, Victor Rangel. O maior momento de pressão foi a escolha em 2018 pelo técnico Marcos Paquetá, que durou cinco jogos apenas no comando do time e foi demitido.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »