Destaques

Após denúncia de assédio sexual, Rogério Caboclo é afastado da CBF por 30 dias

Decisão foi tomada pelo conselho de ética da entidade neste domingo

Por Redação Tupi

Rogério Caboclo passa por um momento delicado no comando da CBF
Rogério Caboclo (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, será afastado do cargo por 30 dias. A decisão tomada pelo conselho de ética da entidade acontece logo após as denúncias realizadas por uma funcionária da CBF, que acusa Caboclo de assediá-la de forma sexual e moral.

Segundo a funcionária, Caboclo tentou forçá-la a comer um biscoito de cachorro, chamando-a de “cadela”, além de proferir outros insultos e demonstrar um comportamento extremamente abusivo de forma constante.

O vice-presidente mais velho da entidade, Antônio Carlos Nunes, assume o cargo mais importante do futebol nacional, durante o período de afastamento. Nesse período, Rogério Caboclo poderá definir a sua defesa das acusações realizadas pela funcionária da CBF.

 



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »