Esportes

Após título do segundo turno gaúcho, Cebolinha fala em tom de despedida; Renato critica Jorge Jesus

Português ligou para o atacante pedindo que não entrasse em campo na última quarta

Por Redação Tupi

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O atacante Everton Cebolinha praticamente confirmou que está de saída do Grêmio. Após a vitória de 2 a 0 sobre o Internacional na última quarta-feira (05), na final do segundo turno do Campeonato Gaúcho, o jogador ergueu a taça de campeão após receber a braçadeira em um gesto simbólico de Geromel e Maicon. Ao deixar o gramado, falou em tom de despedida.

“Faltam alguns detalhes, é situação bem avançada. Questões burocráticas, porcentagens. Se for ou não, só quero agradecer a esse clube. Último jogo, fechar com chave de ouro. Agradecer a oportunidade aos capitães de levantar essa taça. Sensação de dever cumprido, oito anos nesse clube. Pude honrar a camisa. Cheguei com 16 anos, ganhei vários títulos. Muita gratidão. Agradecer ao carinho e aprendizado que tive aqui. Não nasci gremista, mas é um clube que vou levar para o resto da minha vida” – disse emocionado.

A proposta de 22 milhões de euros (cerca de R$ 137,9 milhões) do Benfica é a mesma do Everton, da Inglaterra, que corre por fora. Por outro lado, o atleta recebeu uma ligação do técnico Jorge Jesus, que espera reencontrá-lo no Estádio da Luz.

O contato do treinador português, inclusive, irritou Renato Gaúcho, que revelou, em entrevista coletiva após a partida, que a ideia de Jesus era aconselhar Cebolinha a não disputar a final.

“O que nos aborreceu foi isso. Imagina como um europeu iria tratar um brasileiro se ligasse para um jogador do Benfica às vésperas de decisão. O presidente foi feliz quando falou que por esse ato, as coisas deram uma retrocedida. Ele está certíssimo” – declarou Renato.

“O que me aborreceu foi o Jesus ligar para o jogador. O treinador estrangeiro vem, faz um bom trabalho e a imprensa trata isso como normal. Não é normal, não. Em momento algum o Everton disse que não queria jogar. O Benfica que pediu para ele não jogar. Sabia que estava às vésperas de decisão, que não estava fechado, tentou fazer a cabeça para não ele não jogar e nos aborreceu bastante. Sabíamos o que tinha acontecido e ficamos calados. Foi o que me aborreceu” – continuou o treinador gremista.

Por outro lado, o próprio atacante foi quem pediu para disputar a partida em conversa com o técnico gremista ainda na concentração. Cebolinha foi quem criou as jogadas dos dois gols da equipe, garantindo o título e a vaga para a final geral da competição.

“Muita gente estava falando que ele não iria jogar, estava vendido, que não estava focado. O Everton pediu pelo amor de Deus para jogar. Isso me deixou feliz. É um grande profissional. Falou para o grupo que queria jogar, se fosse a última partida ou não. Então, dormi tranquilo. Iria jogar o Pepê que está em momento bom, mas o Everton é o Everton. Fiquei muito feliz, acordei mais tranquilo” – brincou Renato.

O Grêmio volta a campo no próximo final de semana para enfrentar o Caxias, no primeiro jogo da final geral da competição. As datas dos dois jogos e os horários ainda não foram definidos pela Federação Gaúcha.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »