Automobilismo

Chefe da Red Bull sugeriu contágio proposital dos pilotos por coronavírus

Opinião do chefe da equipe austríaca não foi bem recebida; temporada da Fórmula 1 teve diversas provas adiadas

O holandês Max Verstappen é a principal estrela do time. Foto: Divulgação.

Enquanto a maior parte do mundo está preocupada por conta do coronavírus, na Fórmula 1, uma opinião diferente. O chefe da equipe Red Bull, Helmut Marko, tinha como intenção o contágio proposital dos pilotos da equipe. O objetivo do dirigente era evitar um possível surto na equipe quando a temporada voltar.

“Seria o momento ideal para a infecção vir. Todos são jovens fortes e de boa saúde. Dessa forma, eles estariam preparados para quando a ação começar. Temos quatro pilotos de Fórmula 1 e oito ou dez juniores, e a idéia era organizar um campo para superar mental e fisicamente o tempo morto. Vamos colocar desta maneira: não foi bem recebido”, justificou Marko.

A Red Bull tem duas equipes na Fórmula 1 – incluindo a Alpha Tauri, sucessora da Toro Rosso – além de alguns pilotos nas categorias de acesso à F1. O brasileiro Sérgio Sette Câmara, por exemplo, faz parte do time de pilotos de testes e desenvolvedores de carros. Até o momento, a temporada da principal categoria do automobilismo mundial teve duas etapas canceladas e outras seis adiadas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »