Destaques

Classificado! Fluminense vence o Cerro Porteño mais uma vez e avança às quartas de final da Libertadores

Último a garantir a vaga, Tricolor irá pegar o Barcelona-EQU na próxima fase

Por Bruno Gentile

Fred comemora gol de pênalti sobre o Cerro Porteño pela Libertadores
(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Classificado às quartas! Mesmo com atuação de fraco desempenho no Rio de Janeiro, o Fluminense fez o dever de casa, venceu o Cerro Porteño, do Paraguai, por 1 a 0, nesta terça-feira (3), no Maracanã, pelo duelo adiado de volta das oitavas de final da Libertadores, e garantiu o avanço à próxima fase do torneio continental – na ida, os comandados de Roger Machado já haviam feito 2 a 0, em Assunção. Fred, de pênalti, marcou a favor dos mandantes. Com isso, o time das Laranjeiras enfrentará o Barcelona-EQU na sequência da competição.

O primeiro tempo, apesar de contar com pouca inspiração de ambas as equipes, foi bem agitado e movimentado, tanto por parte dos cariocas quanto pelos paraguaios, que estavam em busca de reverter o resultado agregado. Logo no minuto inicial de jogo, o Tricolor conseguiu balançar a rede, mas o lance foi invalidado. Fred roubou a posse do zagueiro e rolou para Nenê, que chutou forte no canto e fez. Entretanto, o árbitro já havia assinalado falta do atacante no defensor, anulando o tento. Na sequência, os visitantes, precisando de gols para avançar no torneio, passaram a atacar mais, só que sem muito sucesso.

Enquanto isso, o Fluminense seguia armando as principais jogadas e, aos 20, teve um pênalti a seu favor, quando Fred arriscou um passe dentro da área e a bola bateu no braço de Carrascal. O juiz viu e, sem nem recorrer ao VAR, apontou para o círculo a cal. Em seguida, o próprio camisa 9 chamou a responsabilidade e cobrou firme, no canto direito, deslocando Jean para o outro lado e abrindo o placar no Maracanã.

Aos 29, a primeira chance perigosa, de fato, criada pelo Cerro Porteño. Após cobrança de escanteio, houve um bate-rebate no meio da zaga carioca e os marcadores tentaram afastar. A sobra ficou para Villasanti e, logo em seguida, o volante finalizou de longe, obrigando Marcos Felipe a se esticar todo para executar bela intervenção. A partir daí, o Tricolor praticamente não assustou até o fim da etapa e os paraguaios tiveram somente mais uma oportunidade, a melhor até então, aos 39: Villasanti avançou, saiu cara a cara com o goleiro e preferiu o toque ao companheiro. Boselli recebeu atrás e arrematou em cima de Samuel Xavier, desperdiçando ótima possibilidade de empatar.

Na volta do intervalo, os visitantes retornaram melhor e levaram perigo à equipe das Laranjeiras, aos 2 e aos 6 minutos, com Carrizo. Em uma delas, o chute passou rente à trave e na outra, o arremate saiu fraco, parando nas mãos de Marcos Felipe. Posteriormente, o Fluminense tratou de responder, também em dois lances. Aos 16, Gabriel Teixeira finalizou mal, cruzado, para fora e Luiz Henrique arriscou, aos 20, uma bomba na direção de Jean, que apareceu bem para encaixar e sair jogando.

Depois, os mandantes pararam de atacar com frequência e criatividade, o que deixou o caminho livre para os adversários dominarem a partida daí em diante. Aos 29, Mateus Gonçalves roubou a bola e tocou para Adrián Martínez arrematar da entrada da área, mas acabou pegando fraco e mirando em cima de Marcos Felipe. Em seguida, o próprio atacante destacou-se novamente: chutou à queima-roupa para defesaça do arqueiro carioca. No rebote, Morales mandou para longe, porém, a arbitragem já marcava impedimento na origem da jogada. No fim, o camisa 19 ainda teve tempo de cabecear por cima do travessão e quase igualar tudo. Entretanto, o placar não se alterou.

Agora, após a comemoração da classificação, o Fluminense terá alguns dias de preparação e treinamentos, voltando a campo somente no próximo domingo (8), quando pega o América-MG, às 16h, na Arena Independência, em Minas Gerais, pela 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que a equipe das Laranjeiras ocupa, atualmente, a 12ª colocação, com 17 pontos, a dez do Bragantino, que abre o G-4 da competição, e a cinco do São Paulo, o primeiro clube na zona de rebaixamento.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »