Botafogo

Clubes convocam reunião para criação de liga independente no futebol brasileiro

Já batizada como Libra, competição pode ser sacramentada no encontro desta terça em São Paulo; divisão financeira é o principal entrave entre os clubes

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação/CBF

Os 20 clubes que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro nesta temporada são esperados, na manhã desta terça-feira (03), em um hotel de São Paulo para iniciarem a liga independente do futebol brasileiro. Já nomeada de ‘Libra’, os representantes dos clubes vão tratar do tema e, nos últimos dias, dirigentes e representantes articularam nos bastidores para que todas as equipes pudessem comparecer.

A carta-convite foi assinada por Flamengo, RB Bragantino, Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. Nesta, foi detalhada a estruturação jurídica da criação da nova liga, com a Libra associação sendo detentora das ações da sociedade empresarial chamada de Libra S.A..

Ainda no documento, fica clara que a não participação de um número mínimo de clubes previstos inviabilizará, momentaneamente, a criação de uma liga. Por outro lado, será permitido que a associação reúna os direitos dos clubes que aderirem e os represente, em bloco, nas negociações. No entanto, a carta-convite deixa clara que a intenção é formar a liga já nesta terça:

“Pretende-se promover a constituição da Libra, e da sociedade empresarial Libra S.A., em Assembleia Geral dos fundadores que realizar-se-á no dia 3 de maio de 2022, às 10h, na cidade de São Paulo. A participação de todos os clubes seria extremamente relevante para compor o quadro dos clubes pioneiros na implantação desse projeto, figurando como fundadores da Libra” – diz o documento.

O único entrave que pode aparecer é o não entendimento entre alguns grupos já pré-estabelecidos. O movimento “Forte Futebol”, por exemplo, foi iniciado em fevereiro com 10 clubes que se apresentaram como emergentes; enquanto isso, há o bloco formado por Flamengo e os cinco clubes paulistas que estão na elite nacional, além de um terceiro grupo com equipes que não pertencem aos dois primeiros blocos.

Grupos interessados em buscar investimento para a liga já afirmaram que a maior dificuldade é a falta de uma negociação unificada. Recentemente, Ronaldo, que comanda a SAF do Cruzeiro, já tinha afirmado que via a criação da liga como algo complicado, já que os clubes envolvidos não conseguiam encontrar um denominador comum justamente nas negociações envolvendo a parte financeira. A ideia da liga é colocar o futebol brasileiro no mesmo patamar do futebol exterior.

“Convictos de que os fundamentos e razões para a criação de uma Liga que congregue os principais clubes profissionais do futebol já foram debatidos à exaustão, resta, neste momento, agir para dar corpo à entidade jurídica que representará esta congregação, para o que será necessário a constituição de uma associação sem fins lucrativos, que representará a Liga do Futebol Brasileiro – LIBRA, a ser formada por clubes de futebol que a ela decidam aderir, e a constituição de uma sociedade empresarial, a LIBRA S.A., que terá a própria LIBRA como sua única acionista” – explica a carta-convite.

O texto traz ainda outras observações sobre a necessária isonomia dos clubes nos processos decisórios, gestão por profissionais independentes e capacitados e uma proposta de partilha de receitas que, segundo a carta, “permite igualdade de oportunidades a todos os seus participantes”.

A carta ressalta também que, para ser aprovada, a proposta de divisão de receitas precisará ser “objeto de decisão unânime entre os associados da LIBRA”.

Últimos vídeos do Mengão
Últimos vídeos do Vascão
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »