Esportes

Com cortes na folha salarial do futebol profissional, Real Madrid pode economizar até R$ 542 milhões

Iniciativa foi tomada para evitar demissões e alteração nos vencimentos dos funcionários que recebem menos

Por Beto Jr

Foto: Reprodução

O Real Madrid anunciou por meio de nota oficial que chegou a um acordo voluntário com as equipes de futebol e basquete para reduzir o salário em 10% no total recebido na temporada, se a competição recomeçar, e 20%, se não voltar. O clube merengue tem a maior folha salarial do mundo no valor de 283 milhões de euros (aproximadamente R$ 1.5 Bilhão).

A estimativa real da entidade é que, entre os salários dos gerentes executivos e os funcionários de futebol, basquete e Castilla (categorias de base), a economia será de 49 milhões (aproximadamente R$ 271 milhões) se a redução final for de 10% e 98 milhões(aproximadamente R$ 542 milhões) se for de 20%.

Segundo o Real Madrid, os jogadores entenderam desde o primeira momento que eles tinham que fazer um esforço. A ideia de todos, também dos executivos, é fazer esse esforço nos trabalhadores que mais ganham na força de trabalho, para que o restante (Madri tem mais de 800 no total) não seja afetada.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Domingo Show
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »