Campeonato Brasileiro

Conmebol divulga imagens de manutenção no Centenário para finais da Libertadores e Sul-Americana

Arena de Montevidéu, no Uruguai, terá novos gramados e refletores de última geração

Por Bruno Gentile

Estádio do Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, passa por reformas de olho nas finais da Libertadores e Copa Sul-Americana
(Foto: Divulgação/Conmebol)

De olho nas finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2021, o Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, palco escolhido pela confederação de futebol do continente (Conmebol), está passando por reformas em todos os setores da arena, a fim de modernizar a infraestrutura para sediar ambas as decisões. A entidade divulgou, nesta quarta-feira (22), imagens da manutenção realizada no local, que receberá novo gramado e refletores de última geração, além reparos nas arquibancadas, tribunas de imprensa e vestiários.

Se as partes visíveis e de acomodação dos torcedores e profissionais dos veículos midiáticos estão sendo submetidas a transformações, o campo, mesmo estando em processo de troca, também terá cuidados especiais referentes a possíveis temporais ou alagamentos. Isso porque outro sistema de drenagem, diferente do atual, será implantado por debaixo do tapete. A iluminação, por sua vez, contará com lâmpadas de LED, o que contribuirá para melhor visibilidade. A Conmebol, embora tenha publicado fotos do andamento das obras, não anunciou os valores de custo da operação.

Sendo assim, esta se torna a maior reforma pela qual o Estádio Centenário passou desde sua fundação, no ano de 1930, quando foi erguido para a realização e organização da primeira Copa do Mundo, em solo uruguaio. Até mesmo o gramado nunca havia sido submetido a grandes mudanças, como a promovida neste mês de setembro de olho nas partidas continentais derradeiras de 2021. A final da Copa Sul-Americana, na qual Bragantino e Athletico-PR estão vivos na busca pela taça, acontecerá em 20 de novembro. Já a decisão Libertadores segue agendada para uma semana depois, dia 27.

Montevidéu não era opção da Conmebol

Apesar de ser escolhida pela entidade responsável, a capital de Montevidéu não estava na lista prévia das cidades que concorriam para ser sedes desses confrontos importantes na temporada. No entanto, o cenário mudou após o governo do Uruguai interceder na negociação da Conmebol com o laboratório chinês Sinovac para receber vacinas contra a covid-19. Em função disso, o órgão pôde contar com 50 mil imunizantes e os distribuiu entre seus filiados antes da disputa da Copa América.

Últimos vídeos do Mengão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Botequim do Mister
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »