Esportes

Dívida do Cruzeiro pela compra de Rodriguinho chega a R$ 30 milhoes

Time mineiro segue em situação dramática do ponto de vista financeiro

Por Redação Tupi

Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro

Para voltar a ter sucesso dentro de campo, o Cruzeiro vai precisar se organizar fora dele. O primeiro passo já foi dado, que foi a chegada de Ronaldo Fenômeno para controlar a Sociedade Anônima do futebol cruzeirense.
Além da dívida de R$ 20 milhões, que o Cruzeiro vai ter que pagar para voltar a registrar jogadores na Fifa, A equipe celeste ainda tem outra dor de cabeça, dessa vez, ocasionada por conta da dívida que o time mineiro tem com o Pyramids, do Egito, ocasionada pela compra do meia Rodriguinho, em 2019.

O Cruzeiro sofreu uma condenação parcial na Fifa em dezembro de 2020, e teria de pagar 3 milhões de dólares, cerca de R$ 17 milhões na cotação atual, ao clube egípcio após o não pagamento de parcelas anteriores.

De acordo com o presidente Sérgio Rodrigues, a dívida atualizada já gira em torno de R$ 30 milhões.
Vale lembrar que o Cruzeiro também foi condenado a pagar cerca de R$ 1,7 milhão de multa. O clube mineiro preparou recurso para discutir a situação na segunda instância, no entanto, ainda não houve um veredito.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »