Destaques

É campeão! Fluminense segura o Flamengo e conquista o Campeonato Carioca depois de 10 anos de jejum

Gabigol abriu o placar pelo Rubro-Negro, mas Germán Cano deixou tudo igual no 1 a 1

Por Bruno Gentile

Fluminense empate em 1 a 1 com o Flamengo e conquista o Campeonato Carioca após 10 anos de jejum
(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Soltou o grito! Após vencer o jogo de ida por 2 a 0, no Maracanã, e encaminhar muito bem o resultado para o duelo de volta, o Fluminense conseguiu segurar a pressão exercida pelo Flamengo e ficou no empate em 1 a 1, na noite deste sábado (2), no mesmo estádio, e conquistou o seu 32° título do Campeonato Carioca, após 10 anos sem erguer a taça. Gabigol abriu o placar no início do clássico e deu esperanças de que uma reviravolta pudesse acontecer, só que Germán Cano, novamente, assim como no confronto anterior, balançou a rede e esfriou todo tipo de reação dos adversários. O próprio número 14, ex-Vasco, ainda perdeu um pênalti, que poderia confirmar outro triunfo. O vice dos comandados do português Paulo Sousa frustou a possibilidade do tetracampeonato consecutivo, revés que provocou vaias da torcida e cantos de “time sem vergonha” nas arquibancadas.

O primeiro tempo começou a todo o vapor, com o Tricolor indo à frente e assustando, logo de cara, com duas finalizações de Cano, uma de Manoel e uma de David Braz, todas nas mãos do goleiro Hugo Souza ou pela linha de fundo sem direção. Depois de alguns minutos, o Rubro-Negro entrou na partida e também ameaçou, chutando com Andreas Pereira e Lázaro, porém, sem a pontaria necessária. E quem abriu o placar foram justamente os visitantes, com Gabigol, aos 28. Hugo lançou, Bruno Henrique ganhou de Nino e raspou de cabeça. A bola caiu em Arrascaeta, que deu um lindo giro em cima de Manoel, avançou pela esquerda e cruzou para o camisa 9 vir batendo. Fábio resvalou, mas não impediu o tento. No entanto, no fim, Cano deixou tudo igual, aos 43: Jhon Arias tabelou com Ganso e rolou para trás. O argentino chegou arrematando, a conclusão desviou em Filipe Luís e enganou o arqueiro.

Na volta do intervalo, o Fluminense teve a oportunidade para selar o confronto, só que acabou desperdiçando. Após tentativas sem sucesso de ambos os lados, Filipe Luís evitou drible de Cano na faixa direita da área com o braço e o árbitro, auxiliado pelas imagens do VAR, confirmou a penalidade máxima. Na cobrança, no entanto, o centroavante arriscou rasteiro, nas pernas do goleiro, e não decretou a virada dos donos da casa, no Maracanã. Em seguida, o Flamengo cresceu no clássico e ganhou esperanças de tentar conquistar o Campeonato Carioca. O time de Paulo Sousa emendou duas boas possibilidades de marcar o segundo, aos 17, em batida de longe de Everton Ribeiro, e aos 25, com falta cobrada por David Luiz, por cima do travessão. No mais, a equipe da Gávea seguiu pressionando e os comandados de Abel Braga diminuindo o ritmo de jogo, com o regulamento a favor. Nos acréscimos, Fred e Bruno Henrique foram expulsos por conta de uma briga, com direito a empurrões e ofensas, até que, na sequência, o apito final do juiz sacramentou o título do clube das Laranjeiras.

Últimos vídeos do Mengão
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »