Esportes

Em sua primeira entrevista, novo presidente do Fluminense fala da volta de Fred e de reforços

Mário Bittencourt confirmou que recebeu ligação do atacante do Cruzeiro

Por Wesley Ramon e Marcos Coelho

Após vencer a eleição presidencial do Fluminense, Mário Bittencourt concedeu entrevista coletiva sobre o primeiro ato, a situação financeira do clube, e ainda abordou o telefonema que recebeu do atacante Fred e de possíveis reforços para 2019 ou para 2020.

Ligação de Fred e possível volta
“Fred me ligou a tarde. Estava na correria, perguntou como estávamos e ele disse que estava acompanhando pelas redes e também ansioso como a gente. É um jogador que o Celso Barros trouxe em 2009 e se tornou um amigo. Não é segredo pra ninguém. Ele ligou como amigo querendo saber sobre uma possível vitória nossa”, disse o novo presidente.

Reforços para 2019 ou 2020
“É um desejo repatriar jogadores desde que o Fluminense cumpra primeiro suas obrigações, tenha os salários pagos e busque um patrocínio master. A nossa situação é diferente e de recuperação. Essas coisas acontecem e não temos que ficar aqui jogando para galera. Todos os jogadores que temos vontade de repatriar possuem contratos e não houve conversas de valores. Se houver possibilidade ainda esse ano vamos trabalhar para isso, senão vamos trabalhar para 2020. Hoje, nós temos grande chances de termos um ou dois jogadores de volta nos próximos seis meses ou um ano. Ou trazermos alguém que não jogou ainda no Fluminense. Pelo campeonato ser muito longo, a gente terá que fazer algumas contratações”, afirmou Bittencourt.

Novidades no fornecedor de material esportivo
“Tenho 15 anos de vivência como patrocinador. Estamos falando de material esportivo, patrocinadores. O Fluminense precisa resgatar sua credibilidade. Com esse resgate estamos vendo uma série de pessoas nos procurando. Temos uma gestão nova”, explicou o vice-presidente Celso Barros.

Pagamento dos salários atrasados
“Não vamos prometer isso e aquilo aos jogadores, mas vamos falar que no prazo o mais curto vamos tentar resolver os atrasos ou parte deles. Temos que estar junto com os jogadores e eles com a gente”, disse Celso.

“Já tenho adiantamento de conversas com parcelamento da dívida trabalhista e o Pro Fut. Tivemos duas boas reuniões com possíveis patrocinadores. A antecipação da eleição traz a dificuldade de termos assumido com o campeonato no caminho, mas a parada da Copa América nos ajuda a termos tempo para resolvermos os problemas emergenciais. Temos bastante coisa encaminhada neste sentido. Já pagamos março e isso nos dá tranquilidade para pagarmos os dois meses em atraso. Vamos tentar implentar o programa novo no Sócio Futebol para aumentarmos a receita”, citou Bittencourt.

Torcedor é fundamental
“Torcedor do Fluminense tem que ser o grande avalista dessa gestão. A receita de sócio futebol é R$ 5 milhões e 200 mil no ano. Se chegarmos aos 100 mil sócios a R$ 30 por mês teremos R$ 3 milhões mês. O torcedor vai financiar essa paixão. Vamos parar de fazer essa coisa que estamos assim e assado. É um desespero que toma conta do clube, acabamos vendendo mal os jogadores”, contou o novo vice-presidente.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »