Esportes

Empresa pede penhora de R$ 11 milhões da venda de Pedro, por dívida de Gerson em 2015

MPI S.à r.l exige sua parte do pagamento referente a uma dívida com Gerson, que foi vendido em 2015 para a Roma.

Por Redação Tupi

O Fluminense realizou a venda do atacante Pedro para a Fiorentina por R$ 50,2 milhões. O tricolor ficou com R$ 36,5 milhões, e o Artsul com R$ 13,7. Com essa grana em caixa, a empresa MPI acionou o clube na justiça exigindo o pagamento de R$ 11.823.396,30, sobre a venda de Gerson, em 2015. A empresa tinha 12,5% dos direitos do meia e não recebeu qualquer repasse.

Como se trata de uma dívida que existe desde 2015, na gestão Peter Siemsen e Mário Bittencourt (VP de futebol), o valor subiu de R$ 4,9 milhões para 11,8. Desde que assumiu o comando do tricolor, Mário Bittencourt, junto com a MPI, tentou evitar penhoras por conta de dívidas antigas, e em julho, houve concordância, aceita pela Justiça, para suspender o processo por 30 dias. Como as partes não chegaram num acordo, a defesa de MPI fez uma petição no último dia 2 de setembro.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »