Esportes

Everton Ribeiro lamenta derrota na final da Libertadores e projeta volta por cima: ‘Agora é olhar para frente’

Rubro-Negro perdeu por 2 a 1 para o Palmeiras, em falha grotesca de Andreas Pereira

Por Redação Tupi

(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Após perder a grande decisão, Éverton Ribeiro deu uma entrevista coletiva de poucas palavras e abatido. Mesmo assim, o capitão do Flamengo não se furtou de analisar os motivos que levaram o Palmeiras a ser o campeão da Libertadores. Para o meia, o vice rubro-negro ocorreu pois a equipe não soube inibir a forma de o rival jogar. Em Montevidéu, no Uruguai, o Verdão venceu por 2 a 1 – o gol de Deyverson foi marcado na prorrogação. Antes, Raphael Veiga e Gabigol já haviam balançado a rede. O time paulista saiu na frente e, em boa parte do confronto, apostou nos contragolpes.

“Trabalhei para chegar na final e ganhar. Meu pensamento… Não pensava em estar aqui falando sobre uma derrota. Trabalho foi feito durante esse tempo, os detalhes foram vistos, infelizmente em um jogo tudo pode acontecer. Agora é olhar para frente, lamentar, lamentamos muito a derrota, mas olhar para frente para fazer ainda mais por merecer, chegar em finais e ser campeão”, disse.

Éverton Ribeiro destacou a luta do time do Flamengo. Ele citou que o fato de o Palmeiras ter saído em vantagem no placar prejudicou a estratégia. “Acredito que a gente tentou, não desistiu. Saímos atrás. Não é fácil, ainda mais que propiciou o jogo reativo deles. Eles são fortes nesse jogo. A gente se expôs, mas controlamos o contra-ataque deles. Jogamos no ataque. Perdemos alguns gols, alguns passes não encaixaram. Sofremos o segundo gol, que ficou ainda mais difícil. Jogo muito disputado, com chances para os dois lados”, completou.

Gabigol eleito craque da Libertadores

Gabriel Barbosa foi eleito o melhor jogador da Libertadores de 2021. O atacante ganhou o prêmio em votação popular e levou para casa um anel de diamantes, inspirado no desenho do Estádio Centenário, palco da decisão deste sábado (27). Artilheiro do torneio, com 11 gols, o atleta lamentou a perda do título para o Palmeiras. “Não lembrava mais como era perder um título”, afirmou, em entrevista coletiva, ainda dentro da arena, em Montevidéu, depois do revés por 2 a 1.

“O Flamengo chegou na final com méritos, contra uma grande equipe, enfrentamos outras grandes equipes ao longo do torneio. Final é decidido num detalhe. Eles foram felizes naquela jogada, no primeiro gol. Criamos chances, não fizemos. Fico feliz porque o Flamengo tem chegado mais vezes nesse estágio, em final, mas não vamos ganhar todas. Nossa motivação é sempre ser campeão. Não lembrava mais como era perder um título. Dói muito, mas agora é cabeça erguida. Jogamos em um grande time, com grande torcida. Vamos se levantar e voltar para essa final e ser campeão”, complementou o centroavante.

Sobre ter sido o artilheiro da principal competição continental, o número 9 foi enfático ao revelar que não ficou satisfeito apenas com esse feito pessoal. “Perfeita no meu individual, mas sem título, não vejo como perfeita. Feliz pelos meus números, artilheiro novamente, gols e assistências em um campeonato tão disputado. Mas perfeito seria somente se tivesse a taça”, finalizou Gabriel.

Últimos vídeos do Mengão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »