Botafogo

[EXCLUSIVA] Presidente da FERJ se mantém irredutível sobre posição da dupla Fluminense e Botafogo

Clubes ameaçam não entrar em campo para os jogos e podem ir à Justiça

Por Monique Guimarães

No programa do Apolinho desta quarta-feira, o presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), Rubens Lopes, se manteve irredutível em relação ao posicionamento de Botafogo e Fluminense sobre o Campeonato Carioca. Os dois clubes ameaçam ir à Justiça contra a decisão de entrar em campo.

O presidente da FERJ afirmou que todos sabiam das condições de retorno do torneio e afirmou que não dá para ficar a mercê dos clubes para decidir os termos.

“O foco está nos dois clubes que sabiam da regra do jogo há 90 dias, deste o dia 16 de março. Já foram feitas várias reuniões virtuais. Existe um grupo com os presidentes com todos se comunicando sobre o assunto. Reunião com os médicos, tudo possível foi informado”, disse ele.

Rubens Lopes ainda disse que tem algo oculto nas decisões dos clubes, que os envolvidos ainda não conseguiram decifrar. Ele destacou que qualquer argumento que os times apresentem não tem entendimento por parte da FERJ.

“14 clubes votaram de uma forma e dois de outro. Ou seja, não existe a segurança de cumprimento das regras. Os clubes (Botafogo e Fluminense) só vão cumprir se for uma decisão que convém a eles. Então, eu não entendo essa posição dos filiados que são parte importante do campeonato. Eles não querem respeitar a decisão e não sei se é justo abandonar aqueles que fizeram tudo certo em detrimento dos que não se prepararam”, afirmou ele.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA:

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »