Conecte-se conosco

Copa do Mundo

Fifa decide negar pedido do Chile para anular classificação e mantém Equador na Copa do Mundo

Entidade conclui que jogador Byron Castillo é de fato equatoriano, como dizem seus documentos

Publicado

em

Byron Castillo
(Foto: Divulgação/FEF)

O Comitê de Apelações da Fifa decidiu, nesta sexta-feira (16), que o Equador jogará a Copa do Mundo de 2022. A decisão se deu em um processo movido pela federação de futebol do Chile, que alegava que o lateral-direito Byron Castillo teria jogado as Eliminatórias Sul-Americanas com documentos falsos. Os chilenos pediram que a entidade descontasse do time equatoriano os pontos dos oito jogos em que o atleta foi escalado.

Se isso, de fato, ocorresse, a seleção chilena pularia de sétimo para quarto lugar na classificação, podendo herdar a vaga no Mundial. No entanto, a organização acabou por recusar o pedido e manteve a decisão tomada no dia 10 de junho. Cabe recurso ao Tribunal Arbitral do Esporte (o TAS), mesmo sendo improvável uma mudança até a data de 20 de novembro, quando começa o torneio, inclusive, com o próprio Equador em campo, integrante da partida de abertura diante dos donos da casa, o Catar.

O argumento utilizado pelas federações de futebol do Chile e do Peru para invalidar a presença equatoriana na Copa era de que Castillo “havia nascido na Colômbia, em 1995, ao contrário do que consta em seus documentos”. Dadas as acusações, a Fifa resolveu analisar o caso, ouviu a Justiça e concluiu que o atleta não é colombiano, mantendo assim, a classificação original das Eliminatórias Sul-Americanas.

Confira o grupo do Equador na Copa do Mundo de 2022:

GRUPO A

Catar

Equador

Senegal

Holanda

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.