Esportes

FIFA suspende Rony por quatro meses e Athletico de inscrever jogadores por duas janelas de transferências

Situação foi causada pelo imbróglio judicial do atleta com o Albirex Nigata, do Japão; Furacão pode recorrer no TAS

Por Redação Tupi

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

A FIFA suspendeu o Athletico de registrar novos jogadores nas duas próximas janelas de transferências. A punição se dá por conta da contratação do atacante Rony, que vivia imbróglio judicial com o Albirex Nigata, do Japão. Atualmente no Palmeiras, o próprio atleta foi punido com quatro meses de suspensão.

“O Clube Athletico Paranaense, tem que ser banido de registrar novos jogadores, para competições nacionais ou internacionais, pelas próximas duas e consecutivas janelas de transferência” – cita a Fifa na decisão.

O advogado do time japonês, Breno Tannuri, entende que a punição vale por um ano, levando em conta as janelas de transferências no meio e começo de temporada. Dessa forma, o Furacão não poderia inscrever atletas agora e a partir de janeiro de 2021.

Vale lembrar que no Brasil se pode registrar atletas até setembro. A CBF, por sua vez, já está avisada da situação e terá que impedir o Furacão.

Enquanto isso, Rony terá de pagar ao Albirex Niigata US$ 1.129,499 (cerca de R$ 6 milhões), acrescidos de 5% de juros a partir de março de 2019 até a data do pagamento, cujo prazo limite é de 30 dias.

Ainda cabe recurso no TAS, a Corte Arbitral do Esporte em até 21 dias.

Entenda o caso:

Quando ainda pertencia ao Cruzeiro, Rony foi emprestado ao Albirex Nigata em janeiro de 2017 por uma temporada. O clube japonês, por sua vez, afirmam que o atleta assinou um vínculo de três temporadas em fevereiro. Os representantes do brasileiro não reconhecem esse contrato.

Procurado por outras equipes como Botafogo, Corinthians e o Athletico, o Albirex impedia todas as negociações. Em agosto de 2018, o clube paranaense conseguiu na FIFA a liberação para acertar a contratação de Rony, firmando vínculo por três temporadas.

Na Justiça, o Albirex Nigata se apoia nesse suposto contrato de três temporadas, alegando que o jogador ignorou tal vínculo. Já o Furacão deve recorrer, já que conseguiu a liberação por parte da própria FIFA e que, na realidade, Rony foi negociado em 2018 pelo Cruzeiro, o que prova a invalidez e a inexistência desse vínculo com a equipe japonesa.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »