Esportes

Maurício Souza critica gritos de “time de assassino” da torcida do Fluminense “Acho um absurdo”

Técnico ressalta que a tragédia ainda machuca e acredita que falta consciência em algumas pessoas

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Marcelo Cortes/Flamengo)

O Flamengo perdeu a primeira partida na temporada. O rubro-negro, que entrou em campo pela quarta vez com o time formado majoritariamente por atletas da base, foi derrotado pelo Fluminense por 1 a 0, nesta quarta-feira (29/01), no Maracanã. Desde o começo da partida, parte da torcida do tricolor cantou na arquibancada a frase “time de assassino” para o rival, em referência ao incêndio no Centro de Treinamento Ninho do Urubu que levou a morte de 10 atletas das categorias inferiores do clube da Gávea. O treinador Maurício Souza criticou o canto.

– Não controlamos gritos da torcida rival.O que podemos afirmar é que não há assassinos no Flamengo. O que aconteceu até hoje machuca a gente. Acho um absurdo isso. Foi um trauma para todos nós. Deveríamos ter um pouco mais de consciência.

A tragédia completa um ano no dia 8 de fevereiro. Até o momento, o clube já acertou o pagamento de indenizações às famílias de todos os 16 jogadores sobreviventes e de quatro dos dez meninos morreram —em uma delas, apenas o pai, que é separado da mãe.

Maurício Souza comandou o Flamengo nos primeiros quatro jogos da temporada. O time está na segunda colocação do Grupo A, com duas vitórias, um empate e uma derrota. A partir da próxima rodada, contra o Resende, na segunda-feira (03/02), às 20h, a equipe volta a atuar com os jogadores principais e a ser treinada por Jorge Jesus.

Comentários
enquete

Os quatro maiores clubes do Rio se sairão melhor na segunda rodada do carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Roberto Canazio
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »