Esportes

Morre flamenguista agredido por torcedores do Peñarol antes de jogo da Libertadores

Roberto Vieira de Almeida, de 54 anos, estava internado há 10 meses

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Facebook)

Morreu na madrugada desta quarta-feira o organizador de excursões capixaba Roberto Vieira de Almeida, de 54 anos. O torcedor do Flamengo estava internado há dez meses, quando foi agredido na cabeça por torcedores do Peñarol na orla do Leme, zona sul do Rio de Janeiro, horas antes da partida entre as duas equipes pela fase de grupos da Libertadores.

Roberto trabalhava com excursões para jogos, especialmente do Flamengo e outros clubes cariocas há mais de 40 anos. Ele tentava separar uma briga entre um grupo de torcedores na tarde do dia 3 de abril de 2019, quando um uruguaio o atingiu violentamente com uma cadeira na cabeça. O capixaba já caiu desmaiado e foi levado às pressas para o Hospital Miguel Couto, onde foi constatado um grave traumatismo craniano.

Depois de meses em coma, Roberto chegou a acordar, reconhecer alguns familiares e se alimentar, mas sem expectativa de alta. O clube lamentou a morte nas redes sociais e repudiou atos de violência.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »