Destaques

Fluminense sofre virada, empata no fim com o Barcelona-EQU e desperdiça chance de abrir vantagem nas quartas de final da Libertadores

Tricolor precisará vencer os equatorianos, fora de casa, para avançar às semifinais

Por Bruno Gentile

Fluminense fica só no 2 a 2 com o Barcelona-EQU nas quartas de final da Libertadores
(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Tudo igual! Em jogo fraco na etapa inicial e agitado na complementar, o Fluminense saiu na frente, tomou a virada, mas no fim das contas, empatou em 2 a 2 com o Barcelona de Guayaquil, do Equador, nesta quinta-feira (12), no Maracanã, pelo duelo de ida das quartas de final da Libertadores, e desperdiçou a chance de largar com vantagem e decidir a vaga nas semifinais no embate de volta, daqui a uma semana, às 21h30, no Monumental. Gabriel Teixeira e Fred, de pênalti, fizeram a favor dos mandantes e Preciado e Cortez marcaram pelos estrangeiros. Com o resultado, o adversário do time das Laranjeiras jogará por um 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar na competição, enquanto que o clube da Zona Sul do Rio precisará ganhar para seguir vivo ou construir uma igualdade por três ou mais.

O primeiro tempo, apesar de bastante movimentado, não foi tão técnico e emocionante quanto se esperava para um confronto nesta altura do torneio continental. Isso porque, até os 20 minutos, nenhuma finalização em direção às metas foi dada por ambas as equipes. O Tricolor assustava mais no setor ofensivo e tinha até certa criatividade para construir as jogadas, enquanto que os equatorianos, mesmo com posse maior, seguiam diminuindo o ritmo da partida. Somente aos 21, com arremate cruzado de Yago Felipe, de fora da área, para a linha de fundo, é que houve, de fato, uma tentativa mais clara de abrir o placar. A partir daí, os cariocas foram ganhando confiança e acuando os visitantes.

Aos 25, depois de apenas uma boa chance armada desde o início do duelo, Gabriel Teixeira aproveitou bola parada e abriu o placar para os donos da casa. Cazares, que tomou o lugar de Nenê entre os titulares, cobrou a falta no meio da confusão. O goleiro Burrai chocou-se com o zagueiro Riveros pelo alto e a sobra ficou para o camisa 39, revelado nas categorias de base do clube. O atacante só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio e balançar a rede no Rio de Janeiro. Na sequência, o tento chegou até a ser revisado pelas imagens do VAR e acabou sendo confirmado pelo árbitro de campo.

Enquanto isso, o Barcelona de Guayaquil tinha dificuldades para se lançar ao ataque e tentava, ao menos, ocupar os espaços na defesa a fim evitar o aumento do prejuízo no Maracanã. E, aos 33, em seu primeiro chute no jogo, conseguiu empatar, mas o lance foi anulado. Após cobrança de falta na área de Damian Díaz, Piñatares dominou, pegou de frente para a baliza defendida por Marcos Felipe e deixou para Mastriani, sem marcação, mandar para o fundo da meta. Entretanto, a arbitragem assinalou impedimento na origem da jogada, dando alegria aos torcedores do time das Laranjeiras.

Na volta do intervalo, o Fluminense retornou bem mais ligado em comparação à etapa inicial e, de cara, teve duas oportunidades de ampliar a vantagem, uma aos 2 minutos e outra, aos 6. No começo, Yago Felipe cruzou pela faixa direita do gramado, Gabriel Teixeira não conseguiu cabecear e a bola sobrou para Egídio, que chegou arriscando, de primeira, e isolando por cima do travessão. Em seguida, em rápido contra-golpe, Cazares encontrou o autor do único gol até então pela lado esquerdo. O camisa 39 procurou Fred no segundo andar, porém, o centroavante não alcançou com a testa e desperdiçou a ótima possibilidade de pegar o sistema defensivo equatoriano desprevenido.

E quando parecia que o Tricolor estava mais próximo de aumentar o prejuízo das visitantes, o Barcelona igualou tudo, também da mesmo forma que os donos da casa, ou seja, pelo alto. Aos 23, depois de cruzamento de Martínez pela esquerda, Adonis Preciado sobiu mais que a zaga carioca e cabeceou forte, no chão e com quique. Marcos Felipe vou para fazer a intervenção, tentou espalmar, mas não conseguiu tocar com firmeza, empatando o marcador em 1 a 1 no Maracanã. A missão de virar o placar, entretanto, tornou-se difícil, já que Emmanuel Martínei tomou dois cartões amarelos, e consequentemente, o vermelho, sendo expulso de campo.

A partida, daí em diante, seguiu truncada e nervosa, até que, aos 39, o árbitro viu pênalti de Nino sobre Garcés e apontou à marca da cal. Na batida, Gabriel Cortez, ex-Botafogo, cobrou no canto direito, o goleiro encostou nela, mas a bola passou por baixo do arqueiro e entrou rasteiro. Só que a equipe do Equador mal teve tempo de comemorar a parcial e repentina vitória e os comandados de Lisca chegaram ao 2 a 2, quando praticamente já não havia mais esperanças. Nos acréscimos, o juiz interpretou infração de Castillo em Abel Hernández na área, assim como alguns minutos antes, assinalou penalidade máxima. Fred chamou a responsabilidade e bateu, com categoria, na canto esquerdo do gol, deslocando Burrai para o outro lado e dando, dessa forma, números finais ao confronto.

Agora, até decidir a vaga na semifinal da Libertadores da América, o Fluminense terá de virar a chave no domingo (15), às 20h15, no Beira-Rio, quando pegará o Internacional, pela 16ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que os cariocas vêm de três derrotas consecutivas na Primeira Divisão – Grêmio, Palmeiras e América-MG, todas por 1 a 0 – e, nesse momento, ocupa a 13ª colocação, com 17 pontos, a apenas três da zona de rebaixamento. Há a possibilidade de o técnico Roger Machado poupar alguns titulares no jogo diante dos colorados, justamente em função da necessidade de contar com a força máxima contra os equatorianos, no meio da semana que vem, fora de casa, pela volta das quartas de final da Libertadores.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »