Fluminense

Marcos Felipe discorda que o Fluminense será o “Patinho Feio” na Libertadores

Goleiro afirma que números negativos da defesa tricolor são erros coletivos

Por Sérgio Guimarães

Foto: Lucas Merçon/Fluminense/Marcos Felipe

O Goleiro Marcos Felipe do Fluminense foi o escolhido para a entrevista deste sábado com os jornalistas e entre vários temas abordados a Libertadores foi o assunto mais comentado na pauta das entrevistas. Ao ser perguntado sobre as chances do tricolor na competição intercontinental e se incomodava saber que o Fluminense em alguns comentários chegou a ser considerado o “Patinho Feio” da competição, ele respondeu.

“Nós procuramos demonstrar dentro de campo a força da nossa equipe, independente dos comentários que tenham do nosso elenco, da nossa equipe, se somos o “Patinho Feio” ou não, nós demonstramos dentro de campo. Já fizemos isso no fim do Brasileiro, demonstrando que merecemos estar com essa vaga na Libertadores. Agora é trabalhar cada vez mais para darmos resultado e mostrarmos que podemos estar onde estamos”

Sobre a defesa do Fluminense que é uma das mais vazadas do campeonato carioca, ele disse.

“Sabemos que o futebol é coletivo. Não podemos simplesmente pontuar a parte defensiva como ponto frágil da equipe. Temos que ver em um todo o que tem acontecido. Não saímos culpando o setor defensivo ou individualmente os jogadores. Procuramos tentar um ajudar ao outro, para que todos os setores venham a ser melhorados”.

Um assunto foi evitado pelo goleiro, uma pergunta sobre a extensão do seu contrato com o clube, ele que tem contrato até junho de 2022.

“Meu empresário ficou responsável por essa parte. Ainda não tive informação se vai renovar, se não vai. Isso fica a cargo dele. Só me preocupo em trabalhar e ajudar ao Fluminense dentro de campo”.

Sobre encerrar a carreira no Fluminense, o goleiro afirmou.

“Logicamente sabemos que um jogador se manter em um clube por muito tempo e complicado. Não depende só do atleta. Depende de várias questões. Mas meu sonho sim e me tornar ídolo do clube, fazer história, ganhar títulos, ficar, se possível, minha carreira toda aqui, mas não depende só de mim, depende de uma série de questões. Mas eu vou fazer o possível para fazer o possível para fazer minha carreira toda no Fluminense.

Marcos Felipe chegou no clube para as divisões de base e em 2015 foi emprestado ao Macaé, adversário do tricolor no jogo de terça-feira em Volta Redonda pela oitava rodada do campeonato carioca.

Comentários
enquete

Você já comprou o peixe para comemorar a sexta-feira Santa ou deixou para cima da hora?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »