Esportes

Goleiro Bruno, condenado por assassinato, e delegação do Rio Branco são internados por intoxicação alimentar

CBF optou por adiar o jogo da Série D entre a equipe e o Bragantino-PA

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

Na madrugada deste domingo, 20 dos 24 integrantes da delegação do time Rio Branco-AC foram internados na UPA 24h de Bragança (PA), com suspeita de intoxicação alimentar. O goleiro Bruno, condenado pelo assassinato da ex-modelo Eliza Samudio, é um dos jogadores que está em estado mais grave, de cama. Com isso, a CBF optou por adiar a partida entre a equipe e o Bragantino-PA, válida pela 7ª rodada da série D.

Dos 19 jogadores, apenas dois não apresentaram sintomas: os atacantes Cassiano e Vandinho. Além deles, o treinador interino e preparador de goleiros Walter Clay e o ídolo Chicão, que viajou com a delegação, também estão. Todos os 4 não jantaram na noite de sábado.

A delegação do Rio Branco saiu da UPA às 4h30 e foi para um hotel reservado pela CBF, recebendo medicação, onde ainda se encontram. Além de Bruno, os zagueiros Wallinson e Paulinho e o meia Guilherme Campana também estão em estados mais graves.

O clube notificou a entidade sobre o ocorrido e, em seguida, a partida foi adiada. O jogo iria ocorrer neste domingo e foi remarcado para esta segunda-feira (19/10), às 15h, no Estádio São Benedito. Entretanto, o Rio Branco afirmou que os jogadores foram reavaliados pela equipe médica e mais da metade do elenco não tem condições para atuar. Com isso, um novo adiamento será solicitado.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »