Esportes

Governo alemão programa ajuda financeira para salvar Adidas

Empresa alemã vive crise financeira por conta da pandemia de Covid-19 e deve receber aposte de 600 milhões de euros

Por Beto Jr

Foto: Reprodução

O governo alemão acena ‘para um resgate’ da Adidas depois de negociar um empréstimo de 2.400 milhões de euros para financiar o banco público KfW. Segundo publicou o jornal espanhol ‘El País’ nesta quinta-feira(16), a empresa de material esportivo alemã, marca que veste os principais clubes do mundo como o Real Madrid, Bayern de Munique e Flamengo receberá 600 milhões de euros outras entidades financeiras para resistir à crise.

A recessão também está sendo implacável com a poderosa marca esportiva que anunciou um impacto doloroso em suas contas com o isolamento social adotado pelo mundo. A marca também apontou que em abril não poderá pagar o aluguel dos estabelecimentos que possui. O plano de reajuste, como a suspensão de dividendos ou a demissão de até 65% do salário dos administradores.

No Brasil, a Adidas vive seu drama. Patrocinadora do Flamengo desde de 2013, a marca alemã deixou de pagar um valo próximo aos R$ 9 milhões, referentes a primeira parcela paga no primeiro semestre. O Rubro-Negro recebe R$ 17,7 milhões por ano da empresa alemã, sendo que o pagamento é realizado semestralmente – nos dias 1º de abril e 1º de outubro. Porém, a parcela de R$ 8.862.875,00 não caiu na conta do clube.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »