Esportes

Justiça determina bloqueio de parte de salário de Vanderlei Luxemburgo

No extinto programa Por dentro da bola, da Rede Bandeirantes, em 2007, Vanderlei chamou o ex-jogador de "safado e moleque"

Por Redação Tupi

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br

A juíza Tonia Koroku, do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou nesta quarta-feira, que partes do salário do técnico do Vasco, Vanderlei Luxemburgo, seja bloqueado, por uma ação movida pelo ex-jogador Marcelinho Carioca.

Vanderlei Luxemburgo e Marcelinho Carioca discutiram ao vivo enquanto participavam do extinto programa Por Dentro da Bola, na Rede Bandeirantes. O atual treinador do Vasco chamou Marcelinho de safado e moleque. Em janeiro de 2009, Luxemburgo foi condenado em 1ª instância a pagar R$ 76 mil a Marcelinho. O ex-jogador também venceu em 2ª e em 3ª instâncias. Somente em maio de 2016 que o processo foi transitado em julgado pelo STJ.

O Vasco terá de depositar em juízo 15% do ordenado de Luxemburgo. A justiça já havia procurado por bens ou saldo bancário no nome de Vanderlei Luxemburgo, porém não havia encontrado.

Comentários
enquete

Usar as redes sociais é uma boa maneira de terminar um relacionamento?
Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »