Esportes

Justiça determina bloqueio de parte de salário de Vanderlei Luxemburgo

No extinto programa Por dentro da bola, da Rede Bandeirantes, em 2007, Vanderlei chamou o ex-jogador de "safado e moleque"

Por Redação Tupi

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br

A juíza Tonia Koroku, do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou nesta quarta-feira, que partes do salário do técnico do Vasco, Vanderlei Luxemburgo, seja bloqueado, por uma ação movida pelo ex-jogador Marcelinho Carioca.

Vanderlei Luxemburgo e Marcelinho Carioca discutiram ao vivo enquanto participavam do extinto programa Por Dentro da Bola, na Rede Bandeirantes. O atual treinador do Vasco chamou Marcelinho de safado e moleque. Em janeiro de 2009, Luxemburgo foi condenado em 1ª instância a pagar R$ 76 mil a Marcelinho. O ex-jogador também venceu em 2ª e em 3ª instâncias. Somente em maio de 2016 que o processo foi transitado em julgado pelo STJ.

O Vasco terá de depositar em juízo 15% do ordenado de Luxemburgo. A justiça já havia procurado por bens ou saldo bancário no nome de Vanderlei Luxemburgo, porém não havia encontrado.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Ele & Ela
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »