Esportes

Marcos Braz sobre a manutenção do elenco do Flamengo: “trabalhando pra isso”

Em entrevista exclusiva, vice-presidente de futebol também falou sobre renovações, Rodinei, Rogério Ceni e possíveis convocações de atletas

Por Marcos Coelho

Foto: Alexandre Vidal (Divulgação / Flamengo).

Enquanto os jogadores que viajaram estão concentrados para o jogo da noite deste sábado com o Volta Redonda, o vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, conversou com a reportagem da Super Rádio Tupi (áudio, na íntegra, no topo da matéria). O dirigente comentou alguns assuntos da atualidade, como as renovações contratuais de peças importantes do elenco, e também projetou como vai ser quando os titulares forem convocados para suas seleções. A volta de Rodinei, em fim de empréstimo no Internacional, também foi explicada.

“Acho que foi bom para o Flamengo, bom para o jogador. O jogador pegou mais rodagem, mais experiência. Daqui a um mês acaba esse contrato. O Inter faz uma oferta pelo jogador ou ele vai retornar imediatamente após o término. O jogador tem seis anos de contrato (desde a chegada). Fizemos um empréstimo com um valor que se o clube pagar, passa o jogador para o clube. Se não pagar, o jogador volta. É o que vai acontecer se o Inter não pagar”, comentou.

Recentemente, em mais de uma ocasião, Rogério Ceni foi pressionado por parte da torcida. Desde as eliminações da temporada de 2020 até alguns resultados recentes, como a derrota para o Vasco. Braz fez questão de legitimar o direito do torcedor, mas, na mesma proporção, deu o voto de confiança ao treinador, fazendo questão de relembrar as conquistas recentes.

“Eu respeito a torcida do Flamengo sobre qualquer assunto e em qualquer hora. É evidente que algumas situações, alguns pontos, que talvez a gente tenha a dificuldade de entender ou não tem um alinhamento quanto a essa desproporcionalidade. O Rogério tem apoio de muita gente na torcida. Está há seis meses no Flamengo, conseguiu três títulos (Brasileiro, Supercopa e Taça Guanabara). O que posso falar é que o Rogério é um trabalhador sério com metodologia de trabalho boa. Me sinto capaz de avaliar. As pessoas que vieram com ele também com metodologias boas, tiveram um bom entrosamento com os funcionários que já estavam. Ele precisa de mais tempo para maturar e convencer as pessoas que estão questionando. Acho que é um pouco desproporcional, mas pra todo mundo. Aqui no Flamengo você não tem salvo-conduto pra nada. Os títulos recentes ficaram pra trás e isso eu passo para o Rogério e para todos. O campeonato que vale é o da frente. Passo isso pra deixar todos concentrados no campeonato que estão disputando no momento e na hora. Eu entendo a torcida e não vou fazer uma análise se está certa ou errada”, analisou sobre a pressão.

Confira abaixo mais alguns tópicos da entrevista, reproduzida no Show da Galera deste sábado:

Maratona de jogos

“É uma sequência grande. Temos que conviver com o calendário, tem que aprender a conviver e não pode ser desculpa. O Flamengo se preocupa ainda mais, pois não pode abandonar algumas competições, como alguns clubes fazem. Não estou criticando, pois em algum momento do calendârio você faz uma opção por um campeonato ou outro. Mas a grandeza do Flamengo não permite isso. O Flamengo entra em campo para ganhar todos os campeonatos.”

Renovações contratuais

“O Flamengo cumpre todas as suas obrigações há muito tempo, cumprirá, e vamos ajustando e acertando o que for necessário. A torcida do Flamengo pode ficar tranquila porque no momento certo a gente vai fazer os ajustes pertinentes. Eu entendo quando um jogador, seja lá qual for, faz algum questionamento ou pede algum outro tipo de alinhamento na faixa salarial. Tudo isso a gente entende com muita tranquilidade e tem bom convívio com todo mundo. Isso não será problema pra gente continuar a temporada de 2021.”

Ida de João Lucas para o Cuiabá

“Para o jogador, interessa ir ao Cuiabá. Ao Flamengo, interessa ter o Cuiabá como parceiro, tendo um percentual do jogador indo pra lá. A notícia procede, mas ainda não está concretizado. Vamos ver se durante a semana a gente acerta isso.”

Possível saída de titulares

“A ordem e o pedido do presidente Rodolfo Landim é que a gente tenha um elenco com maior musculatura possível para disputar e ganhar os campeonatos. Evidente que não fica nas nossas mãos, muitas vezes, uma oferta ou uma possibilidade de venda quando é posto pra gente. O que posso falar, como vice-presidente de futebol – o que outras pessoas e os outros vice-presidentes falam, eu respeito, mas quem está falando sou eu -, é que nossa intenção é ter esses jogadores que estão no elenco hoje. São os campeões brasileiros. Mas isso não quer dizer que a gente não vai analisar uma proposta vinda de fora, o que a gente faz desde 2019. Não é por ter ou não a pandemia que vamos deixar de analisar as propostas, até para ser cordial com os outros clubes. Mas não fica só nas nossas mãos essa possibilidade. Se vem um clube de fora, paga um caminhão de dinheiro por algum jogador e o jogador informa que quer ir. Tenho fé em manter e estamos trabalhando para isso. Queremos ter êxito em 2021 como aconteceu em 2019 e 2020.”

Comentários

enquete

Hoje é o dia das mães. E ai, você vai comemorar esse dia com a sua mãe?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »