Campeonato Brasileiro

Na estreia de Fernando Diniz, Vasco sofre gol nos acréscimos e fica apenas no empate com o CRB pela Série B

Cruzmaltino estaciona na 10ª colocação, distanciando-se do G-4 da competição

Por Bruno Gentile

Vasco vence o CRB por 1 a 0 pela Série B na estreia de Fernando Diniz e volta de Nenê
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Sofreu o empate! Na estreia do técnico Fernando Diniz e no retorno de Nenê, o Vasco jogou bem, mas acabou ficando somente no 1 a 1 com o CRB, nesta quinta-feira (16), no Estádio Rei Pelé, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e, além de continuar sem resultado positivo há três partidas na Segunda Divisão, retrospecto que, inclusive, culminou na saída de Lisca, estacionou na tabela de classificação e segue na 10ª posição, com 33 pontos, a sete do G-4. Germán Cano, de letra, fez a favor dos cariocas ao desviar arremate de Ricardo Graça, e Renan Bressan deixou tudo igual, nos acréscimos.

O primeiro tempo começou meio morno, mas de cara, o Cruzmaltino já se mostrou diferente taticamente em campo e com postura característica do novo comandante: marcação adiantada para roubar a bola no campo de ataque. Mas, apesar disso, quem assustou no início, por duas vezes, foi o time alagoano, aos 13 e 14. Diego Torres aproveitou passe errado de Léo Jabá e descolou bom lançamento para Nicolas Careca, que invadiu a área para, sozinho, chutar cruzado. Atento, Vanderlei caiu bem e salvou os visitantes de sofrer um gol. Em seguida, Caetano pegou cruzamento cara a cara com o goleiro e balançou a rede. Entretanto, o VAR analisou o lance e o juiz decidiu invalidar o tento.

A partir daí, o Gigante da Colina passou a se estabilizar mais na partida e controlar as principais ações do confronto, acuando os donos da casa. Aos 26, por exemplo, Nenê, Léo Matos e Cano, em uma linha sequencial de finalizações à meta de Diogo Silva, ex-Vasco, quase abriram o placar. Tendo espaços para avançar em direção à frente, Andrey também tentou concluir à baliza adversária em duas oportunidades, porém, a primeira parou nas mãos do arqueiro e a segunda, saiu para fora, sem mira e pontaria correta. Enquanto isso, o CRB tentava agredir os cariocas pelos lados do gramado, só que sempre sem êxito.

Depois de muita pressão do Cruzmaltino, a bola, enfim, morreu nas redes, em lance, de certo modo, confuso na área. Após escanteio batido por Nenê, Ricardo Graça arriscou, de primeira, com a perna canhota e Germán Cano, até então, há 10 jogos sem marcar, desencantou, desviando de letra e inaugurando a contagem no Rei Pelé. Na comemoração, todos os jogadores do elenco atrás da meta de Diogo Silva foram abraçar e celebrar com o argentino.

Na volta do intervalo, o Vasco deixou cair o ritmo e intensidade ofensiva, parando de produzir tanto. Dessa forma, os alagoanos, no prejuízo, lançaram-se ao ataque na busca do empate e até conseguiram criar jogadas perigosas às traves de Vanderlei. Aos 6, Ewerton Páscoa foi achado perto da cal por Diego Torres e testou firme, com força. Porém, o camisa 1 do time de Fernando Diniz espalmou e mandou ao escanteio. Posteriormente, aos 26, Guilherme Romão progrediu pela faixa esquerda, levou ao fundo e cruzou, mas sem pontaria. Já nos acréscimos, veio o castigo: Bruno Gomes sofre desarme na lateral, o CRB avançou, Romão girou e a sobra caiu para Renan Bressan chapar no canto esquerdo de Vanderlei, decretando o 1 a 1 e dando números finais ao placar.

Últimos vídeos do Vascão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
02:00 - Na Companhia Do Garcia
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »