Esportes

Polícia Civil inicia investigação sobre arbitragem e Jorge Rabello é preso em flagrante

Ex-chefe da comissão de arbitragem foi detido por posse ilegal de arma de fogo em seu apartamento

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação (Ferj).

Em decorrência da Operação Cartão Vermelho, treze pedidos de busca e apreensão foram realizados na manhã desta quarta-feira na investigação sobre a arbitragem no Rio de Janeiro. Jorge Rabello, ex-presidente da Comissão de Arbitragem do Rio de Janeiro, foi detido pelos agentes da Polícia Civil. A visita à residência do antigo chefe também serviu para encontrar uma arma sem registro, o que teve como consequência a prisão de Rabello.

A operação, realizada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, investiga o desvio de verba no futebol carioca com 13 pedidos de busca e apreensão. A chegada dos agentes ocorreu pouco depois das sete da manhã na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, no bairro do Maracanã, Zona Norte do Rio de Janeiro. No local, foram apreendidos documentos e computadores da cúpula da arbitragem do Rio de Janeiro.

A investigação menciona que a cúpula da arbitragem do futebol do Rio de Janeiro se apropriou da verba que árbitros e auxiliares pagaram à cooperativa e sindicato. Sem as devidas filiações, os árbitros encontravam dificuldades para serem escalados nos jogos realizados no estado. A criação de uma organização criminosa também é pauta na operação.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »