Esportes

Presidente Mário Bittencourt vai a CBF protestar contra o VAR

Dirigente trata como vergonhosa os erros constantes contra a equipe tricolor

Por Redação Tupi

Foto: Lucas Merçon

O Presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, se manifestou na noite do último domingo, após a derrota de 2 a 1 para o Internacional, no Beira-Rio, afirmando que vai à CBF nesta segunda-feira (11) para protestar formalmente contra o VAR. Ao site GloboEsporte.com, o dirigente disse ser “vergonhosa” a “falta de critério e de conexão entre o árbitro de campo e o VAR”. Na opinião de Mário, o Tricolor já foi bastante prejudicado.

“Irei à CBF registrar nosso protesto formal com o que ocorreu no Beira-Rio. A falta de critério e de conexão entre o árbitro de campo e o VAR foi vergonhosa. O árbitro disse ao nosso capitão no campo que a bola havia batido na mão dele e não na do atleta do Inter. Só ele e o árbitro do VAR viram isso, mais ninguém. Já fomos prejudicados demais neste campeonato e precisamos entender melhor quais critérios estão sendo usados” – disse.

O lance polêmico aconteceu ainda no primeiro tempo, quando o árbitro Rodolpho Toski Marques validou o segundo gol colorado. Anteriormente, ele havia anulado, por entender que a bola havia batido na mão do zagueiro Victor Cuesta. Ao revisar o lance, ele validou o gol.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »