Botafogo

Sebastião Lazaroni: “Na condição de pai e treinador torço para que seja feliz na carreira.”

Lazaroni afirmou que o filho vai dar continuidade ao trabalho com pequenos ajustes

Por Thiago Veras

Bruno Lazaroni terá a segunda oportunidade de comandar o Botafogo na categoria profissional. Anteriormente, Bruno foi técnico em 2018 contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro. Existe a possibilidade de efetivação dependendo dos resultados. Sebastião Lazaroni, ex-técnico da Seleção na Copa de 1990 e pai do treinador interino, conversou com a reportagem da Super Rádio Tupi. Ele contou que Bruno recebeu com chateação a saída de Eduardo Barroca, mas o momento é de ajudar o Botafogo a se recuperar no Brasileirão.

’’A mudança do Eduardo Barroca foi motivo de tristeza, mas ao mesmo tempo apreensão em assumir o Botafogo e tentar mais uma vez dar uma contribuição para que o time possa ganhar confiança, obter resultados e sair desse momento adverso. O Bruno vem se preparando desde que parou de jogar, buscando sua formação em Educação física, sua especialização agora em todos os níveis de cursos da CBF (A e PRÓ). A família toda está torcendo por ele no Botafogo.”

Foto: Twitter/Bernardo Lazaroni

Bruno foi efetivado em 2018 como auxiliar permanente do clube. Ele chegou ao Botafogo em 2013 para exercer a função de técnico da categoria Sub-13. Depois passou por cargo de gerência nas categorias de base. Sebastião Lazaroni afirmou que o foco principal do filho no momento é ajudar, mas garante que ele está capacitado para exercer a função no Botafogo.

’’Por felicidade consegui trabalhar com ele no Catar e se mostrou pronto, preparado na montagem e visão do jogo, na montagem do trabalho da semana e na interpretação do que acontece na partida. Acho que ele está pronto, mas a preocupação não é essa no momento. Conversei com ele e a preocupação é contribuir de alguma forma para que o Botafogo saia desse momento e encontre confiança para dar sequência no Campeonato Brasileiro. Disse que vai dar continuidade no trabalho que vem sendo desenvolvido com pequenos ajustes, o que é normal no futebol. Na condição de pai e treinador torço para que Deus o abençoe e seja feliz na carreira.”

O Botafogo vem de quatro derrotas seguidas no returno (São Paulo, Bahia, Fortaleza e Fluminense) e vê a proximidade para a zona de rebaixamento aumentar. São cinco pontos de vantagem em relação do CSA, que ocupa a 17ª colocação. Além disso, o clube completou novamente dois meses de salários atrasados com jogadores e funcionários. Sebastião Lazaroni sabe que a fase atual é um grande obstáculo a ser encarado pelo filho.

”É um momento difícil. O ambiente, conjunto, pressões, compromissos que muitos atletas possuem com os familiares geram cobranças. Os resultados não aparecem e é preciso ter muita calma e união. Com o pouco tempo que existe para treinar é necessário conversar bastante, incentivar para que a coisa seja produtiva, para que dessa pressão volte o prazer de jogar futebol. Para quem está dentro do processo fica mais fácil. O treinador que vem de fora e assume tem que acelerar o processo com conversas particulares para estabelecer uma direção. O grupo precisa abraçar e mostrar resultado dentro de campo para sair do momento adverso.”

 

 

Comentários
enquete

Você é contra ou a favor do horário de verão?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »