Esportes

Sporting Lisboa suspende temporariamente contrato de 86% dos funcionários

Apenas 14% dos prestadores de serviço vão trabalhar normalmente.

Por Beto Jr

Foto: Divulgação

Frederico Varandas, presidente do Sporting Lisboa, informou esta quarta-feira(15) os trabalhadores do clube que iam entrar em regime de Lay-off (A suspensão temporária do contrato de trabalho). Nas medidas definidas pelo Sporting, há três ‘escalões’ diferenciados. Alguns ficam trabalhando em tempo integral, outros em tempo parcial e os restantes entram em Lay-off, segundo apurou o jornal português Record.

Para 86% dos funcionários a suspensão do contrato de trabalho é a opção mas radical. Desse número, 60% aplica-se a suspensão e a 26% a redução de carga horária. Trabalhando em empo integral ficam 14% dos trabalhadores. Por outro lado, o Sporting garante a todos os prestadores de serviço o valor do Lay-off( têm direito a receber um montante mínimo igual a dois terços do salário ilíquido // sem desconto// que receberia se estivesse trabalhando normalmente) e manutenção dos postos de trabalho.

Estas medidas são para vigorar durante um período de 30 dias, sendo reavaliadas no final do mesmo. O Sporting considerou que esta decisão éra indispensável para garantir a sustentabilidade do clube e a manutenção dos postos de trabalho.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »