Esportes

Tite recupera parte da confiança da torcida com o título da Copa América

Prestígio do treinador com os brasileiros havia diminuído após a eliminação na Copa do Mundo de 2018

Por Matheus Emanuel

A conquista da Copa América de 2019 caiu como uma luva na seleção brasileira. Além de recuperar a confiança da equipe que havia sido eliminada para a Bélgica na Copa do Mundo de 2018, o título traz de volta a tranquilidade para Tite trabalhar. O técnico vinha enfrentando críticas por parte da imprensa e da torcida brasileira por conta de algumas polêmicas nas convocações e pela irregularidade nas atuações da equipe.

Confira a trajetória de Tite na seleção brasileira:

Um Brasil e Peru de Copa América mudou os rumos da seleção brasileira em 2016. A eliminação da poderosa seleção pentacampeã mundial na Copa América do Centenário para o Peru decretou a queda de Dunga e a contratação do técnico que se tornou praticamente uma unanimidade nacional: Adenor Leonardo Bachi, o Tite.

O técnico que fazia um trabalho muito consistente no Corinthians chegou ao cargo mais desejado do futebol brasileiro para transformar radicalmente o estilo de jogo da equipe. Assumindo a seleção apenas na sexta colocação das eliminatórias, Tite engatou uma sequência de vitórias e levou a seleção brasileira para a liderança do torneio qualificatório para a Copa de 2018. A vitória sobre a Argentina de Messi por 3 a 0 no Mineirão consolidou a boa fase da equipe e a volta da empatia do torcedor brasileiro com a seleção que representa o país no esporte mais popular das terras tupiniquins.

Na Copa do Mundo de 2018, o técnico viveu os seus primeiros momentos de turbulência na comando da seleção brasileira. Eliminado pela Bélgica nas quartas de final do torneio mais importante do futebol mundial, Tite foi criticado pela insistência em Gabriel Jesus no ataque titular e pela escolha por Taison na lista de convocados para a Copa.

Na primeira prova de fogo após a Copa do Mundo, Tite foi aprovado com ressalvas. A equipe brasileira mostrou bastante irregularidade principalmente no início da Copa América, mas com o decorrer do torneio, algumas peças foram se encaixando, Everton Cebolinha e Gabriel Jesus ganharam a titularidade. O confronto com a Argentina na semifinal fez com que a equipe voltasse a transmitir confiança para o torcedor brasileiro. Gabriel Jesus justificou a aposta e fez o seu melhor jogo com a camisa da seleção brasileira diante dos hermanos no Mineirão. A vitória sobre o Peru por 3 a 1 na grande final da Copa América consolidou a volta da paz para o comandante da seleção brasileira, pelo menos por enquanto.

 

 

 

Comentários
enquete

Guerra das Estrelas: qual música você quer ouvir no Show do Clóvis Monteiro?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »