Esportes

Tite se esquiva de possível saída e enaltece boa fase da seleção brasileira

Técnico reconheceu momento conturbado na CBF, mas avisou que deu prioridade ao trabalho

Por Redação Tupi

De terno, Tite orienta a seleção brasileira contra o Paraguai
Tite orienta os jogadores da seleção brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Após a vitória sobre o Paraguai, por 2 a 0, nesta terça-feira, em Assunção, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo, o técnico Tite evitou entrar em assuntos polêmicos que envolveram a seleção brasileira nas últimas semanas. O treinador se esquivou dos assuntos sobre o afastamento do presidente da CBF, Rogério Caboclo, e a insatisfação com a Copa América no Brasil.

Tite preferiu exaltar o bom momento da seleção nas eliminatórias, com 100% de aproveitamento. Nas seis primeiras partidas, o Brasil venceu todos os jogos e se aproxima de uma classificação antecipada à Copa do Mundo do Catar. Somente a seleção que se preparava para a Copa de 1970 conseguiu o feito, em 1969.

Sobre a chance de deixar o comando técnico da seleção brasileira, Tite avisou que deu prioridade ao trabalho que vem sendo feito:

“Pensei no trabalho, nas exigências que teria, cada dia, cada momento, quem escalar certo. Consultamos, trabalhamos. Quero fazer um agradecimento especial ao Thomás (Koerich) e ao Bruno (Baquete, ambos analistas de desempenho). Eles passaram dois dias sem almoçar direito, em função de todo o trabalho realizado. “Eu quero aquela imagem, eu quero aquela situação, porque o atleta não pode fazer isso, eu quero cobrar ele, mas também mostrar ali. Essa construção, que por vezes no bastidor, e, não por nada, mas que a mídia não tem acesso, o quanto é importante na construção do trabalho. Essa é a situação que eu pensei. Peguei minha energia toda e fiquei voltado para isso”.

O treinador se mostrou ciente dos problemas, mas preferiu valorizar o trabalho:

“Não sou hipócrita, não sou alienado e sei que as coisas acontecem. Mas sei dar prioridade. Prioridade é meu trabalho e a dignidade do meu trabalho.A gente quer comemorar um pouquinho os números altíssimos que conseguimos, as seis vitórias, número alcançado em 1969, que podemos ultrapassar em setembro. Em 18 jogos de Eliminatórias, foram 16 vitórias e dois empates. Tomamos cinco gols. É a equipe mais efetiva ofensivamente, defensivamente. Mudando nos últimos jogos, uma série de mudanças. A gente quer comemorar um pouquinho isso”.  

Nesta quarta-feira (09), o técnico Tite convocará a seleção brasileira para a Copa América. A tendência é que a lista tenha poucas mudanças em relação ao grupo que foi chamado para os dois jogos pelas eliminatórias, contra Equador e Paraguai. Ao todo, serão 28 jogadores chamados. O Brasil estreará na Copa América contra a Venezuela, no próximo domingo (13), em Brasília.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »