Esportes

Tóquio faz cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos e passa bastão para Paris, sede da próxima edição

Evento foi marcado por show de luzes, músicas e apresentações

Por Bruno Gentile

Tóquio realiza cerimônia de encerramento e passa bastão para Paris, sede da próxima edição em 2024
(Foto: Divulgação)

Depois de pouco mais de duas semanas movimentando o espírito de competitividade e integração entre os países, os Jogos de Tóquio chegaram ao fim, neste domingo (8), no Estádio Olímpico da capital japonesa, com a tradicional cerimônia de encerramento do evento, realizada, assim como todas as disputas e modalidades, sem a presença do público para abrilhantar o ambiente. O espetáculo teve direito a um show de luzes e músicas destinadas aos convidados, além do início da contagem regressiva à próxima edição, em Paris, na França, em 2024. Ao todo, faltam 1083 dias para as Olimpíadas francesas.

A chama olímpica foi apagada após cerca meio mês acesa, marcando o fim da competições e buscas pelas medalhas de ouro, prata e bronze, os principais objetivos dos atletas. De acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) e para o Comitê Organizador dos Jogos, foi um verdadeiro feito conseguir programar, organizar e pôr em prática as provas e jogos dos mais variados esportes do planeta durante grava sanitária enfrentada pelo mundo, em função da pandemia de covid-19. Ainda segundo as entidades, há esperança de que, em Paris-2024, o mesmo cenário não aconteça e os torcedores possam comparecer.

Durante a cerimônia, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, entregou a bandeira do COI para Thomas Bach, presidente do Comitê, que, em seguida, passou o pavilhão para Anne Hidalgo, prefeita de Paris, configurando a simbólica passagem de bastão da sede atual para a que virá no ciclo seguinte. Além disso, o evento de encerramento acabou com uma chamada para os Jogos Paralímpicos, também previstos para acontecer na capital japonesa. A abertura está programada para 24 de agosto, porém, algumas modalidades terão suas disputas iniciadas a partir do dia 18.

Participação do Brasil

Assim como na abertura, a participação do Brasil foi reduzida para evitar um possível surto de novo coronavírus. Rebeca Andrade foi a porta-bandeira em reconhecimento às conquistas da ginasta, medalha de prata no individual geral e ouro no salto. Campeão no boxe, Hebert Conceição foi o representante masculino dos atletas do país tropical. Francisco Porath, técnico de Rebeca, representou os treinadores brasileiros.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »